Câmara de Anchieta
Banner TOP
JB Padrão

Nesta quarta-feira (08), uma ação entre amigos vai fazer uma noite de caldos para ajudar nos custos da viagem da estudante de direito, Tainá Matos, de 26 anos, que precisa de um transplante de coração.

“Vou até São Paulo me consultar com o responsável pelos transplantes no Brasil. Lá ele vai definir a minha posição na fila de espera. O transplante é pelo SUS, mas a consulta com esse especialista custa R$800,00 e ainda tem as despesas de deslocamento e estadia em São Paulo, que ficam caras. Meus amigos decidiram fazer essa ação para me ajudar”, diz.

O evento acontece nesta quarta-feira (08).

O problema no coração de Tainá começou quando ela se tratava de leucemia na infância. “Aos oitos anos tive uma leucemia. Uma bactéria no cateter da quimioterapia iniciou meus problemas no coração. Fiz tratamento para o câncer até os 12. Dois anos depois, em uma consulta de rotina, descobri que ele havia voltado. Logo depois comecei a sentir falta de ar, mas até então eram sintomas muito leves, que foram aumentando, fiz uma valvuloplastia”, comenta.

A família de Taina vai fazer uma noite de caldos para conseguir custear sua viagem em busca de um transplante.

Ela conta que a situação se agravou depois neste ano. “No início deste ano uma gripe agravou o meu quadro e os médicos viram que meu coração não estava respondendo aos medicamentos. Então os médicos daqui determinaram que eu preciso de coração novo”, explica.

Essa viagem vai definir sua colocação na fila para receber um novo coração. “Vou até São Paulo no chefes dos transplantes para que vai fazer uma laudo sobre o meu estado e poder determinar a minha posição na fila dos transplantes”, conclui.

O evento acontece às 19h30 no Palhoças Bar, na Praia do Morro. A valor da entrada é R$10,00 que será revertido para a viagem de Tainá.

Institucional MAllagutti
Institucional M Conveniências [banner top]
Institucional Basic Idiomas
Banner Marcelo

Padrão
Câmara Municipal de Guarapari

1 COMENTÁRIO

  1. Um absurdo esse Brasil , era para ter mais gente humana que visse uma matéria dessa e pagasse tudo , tantos milionários nessa cidade e nem se manifestam , u.a vida precisando de pouco , uma pena que não tenho se não pagava tudo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here