A construção do novo Centro Integrado Sesi/Senai/IEL de Anchieta está em fase final. Prevista para ser inaugurada em outubro, a unidade estima oferecer 12 mil matrículas/ano em cursos profissionalizantes, educação continuada e básica. Na última segunda-feira (13), o vice-presidente institucional da Findes em Anchieta e região, Fernando Schneider Kunsch, e o prefeito do município, Marcus Assad, visitaram a obra e forneceram um panorama sobre a última etapa.

“A obra encontra-se em fase de acabamento estrutural. Ainda faltam detalhes, como o fechamento do teto das salas de aula, instalação de acessórios nos banheiros e iluminação, além do paisagismo. Nos próximos dois meses estará concluída. Junto ao prefeito do município, analisamos a parte externa da obra, como abrigos de ônibus, faixas de pedestres, melhoria na iluminação e acertos no asfaltamento. A previsão é também firmar uma parceria para construção de uma quadra esportiva da rede escolar municipal para atividades do Sesi”, destacou Fernando Kunsch.

Perspectiva do novo Centro Integrado Sesi/Senai/IEL de Anchieta previsto para ser inaugurado em outubro
Perspectiva do novo Centro Integrado Sesi/Senai/IEL de Anchieta previsto para ser inaugurado em outubro

Com investimento total de R$ 12,4 milhões, o Centro Integrado ocupará quase 5.000 m² de uma área com 19.726 m². A estrutura física comportará 15 salas de aulas, além de laboratórios de Mecânica, Soldas, Informática, Eletrônica e Construção Civil, entre outras atividades. A nova unidade capacitará jovens e adultos, com a oferta de 12 mil vagas por ano.

O Centro Integrado beneficiará também os municípios de Guarapari, Piúma, Alfredo Chaves e Iconha – que compõem a Regional da Findes em Anchieta. Desses municípios, são considerados urbano/industriais os de Anchieta, Guarapari e Piúma. Já os demais se caracterizam como agrourbanos, com atividades agroindustriais, de comércio e serviços. O parque industrial local é composto pelos setores de construção civil, minerais não-metálicos, alimentos, produtos metalúrgicos, confecções, madeira e móveis, bebidas, petróleo e porto.

“Toda a indústria vai ganhar com a nova unidade. As empresas vão poder contar com mais profissionais capacitados para atender aos atuais e futuros desafios das indústrias da região. Isso mostra que a política de interiorização do presidente Marcos Guerra está a todo vapor”, concluiu o vice-presidente institucional da Findes em Anchieta e região.