Uma operação conjunta entre o 1º e 10º Batalhão da Polícia Militar com o apoio do Grupo de Apoio Operacional (GAO) das duas unidades, resultou nesta madrugada (16), na detenção de João Paulo Lopes, vulgo “JP”, de 26 anos, um dos chefes do tráfico de drogas de Inhanguetá, região da Grande Vitória.

Por volta das 18h, o serviço reservado do 1º BPM junto com o GAO em Vitória, acionou os militares de Guarapari, pedindo apoio para fazer um cerco em uma casa no bairro Jabaraí, onde um traficante da capital estaria se refugiando. Na quinta-feira (14), João Paulo teria fugido de um cerco policial armado para ele no local onde morava, vindo se hospedar na casa dos parentes de sua esposa na Cidade Saúde.

Além de João, sua esposa também participava do comércio. O casal estava com mandado de prisão em aberto.
Além de João, sua esposa também participava do comércio. O casal estava com mandado de prisão em aberto.

Com as informações em mãos, os PMs do município acharam a casa e cercaram os fundos da residência, enquanto os restante ficava na parte da frente. No momento em que foi feito o contato com as pessoas que estavam dentro do local, João saiu correndo com uma pistola em mãos para a parte de trás do terreno, fugindo em direção a uma região de mata. Neste momento um Policial ordenou que ele largasse a arma, mas o jovem ignorou e apontou a arma em direção ao militar que recebeu de volta dois disparos que atingiram seu braço esquerdo. O suspeito foi levado até a Unidade de Pronto Atendimento, onde recebeu os cuidados.

Na imóvel, além da pistola calibre 380 com 16 munições intactas e um carregador reserva vazio, foram encontrados dois tabletes de aproximadamente 70 gramas de maconha, um pé plantado da mesma substância, 6 celulares, R$ 1000,00 reais em espécie e um veículo Fiat Strada que era possivelmente usado no tráfico de drogas. Dentro da casa estava a esposa de “JP”, Elica Silva Dos Santos, 20, ambos com mandado de prisão em aberto. Um amigo do casal de 27 anos, e sua companheira Fleures Santana de Carvalho, 20, e mais três menores de 15, 14, 3 anos, além de um recém-nascido de 2 meses.

Em um terreno no bairro Carapebus na Serra, foram encontrados 1.369 papelotes de cocaína
Em um terreno no bairro Carapebus na Serra, foram encontrados 1.369 papelotes de cocaína

Dando seguimento a operação, os policiais deram continuidade no município da Serra, onde João Paulo disse que estaria guardando uma arma e mais drogas. Em Carapebus, foi apreendida em um terreno baldio uma pistola Lugher 9mm com 12 munições intactas e 1.369 papelotes de cocaína.

Durante a abordagem, Fleures desacatou as autoridades. Os detidos e todo o material foram encaminhados para a 5ª Delegacia Regional.

disque

Deixe seu comentário