Todos os detidos foram encaminhados para a Delegacia da cidade.
Todos os detidos foram encaminhados para a Delegacia da cidade.

Durante Operação de Combate à Criminalidade realizada na madrugada desta quarta-feira, às 04h, no KM 345 da BR 101, em frente ao Posto da PRF em Guarapari, foram apreendidos aproximadamente 47kg de maconha. Os policiais abordaram os veículos de modelo: Vectra, preto e um Onix, prata, ambos com placas de Minas Gerais.

A Polícia pediu  aos condutores e passageiros a apresentação da documentação dos veículos e pessoais. No Onix estavam dentro um homem e uma mulher, com uma  criança de três anos, identificada como filha do casal. Quem dirigia o Vectra era Rene Marcelino Vital. Durante a abordagem, o condutor do Vectra, informou que estava viajando juntamente com o casal. Após uma vistoria no interior do do veículo foram encontrados vários tabletes de tamanhos variados de substância similar à maconha, totalizando 65 tabletes, de aproximadamente 47kg.

Ao ser questionado sobre a origem do produto, o condutor informou que estava transportando a droga para um passageiro não identificado do Vectra. Informou ainda que trazia a droga de Muriaé, Minas Gerais, com destino à Guarapari. Foi aí que a equipe da PRF deu voz de prisão aos mesmos.

Após serem ouvidos, os detidos foram encaminhados para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Guarapari.
Após serem ouvidos, os detidos foram encaminhados para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Guarapari.

 

Desconfiados das declarações prestadas pelos envolvidos e suspeita de falsificação do documentos apresentado pelo passageiro do Onix, após diversas tentativas, o mesmo declarou que mentiu sobre sua identificação e informou seu verdadeiro nome, Clerio de Oliveira Pereira, 41 anos.

Após consultas aos Sistemas de Informação da Segurança Pública, foi constatado em desfavor de Clerio, um mandado de prisão em aberto. O mesmo declarou que sua esposa, condutora do Onix, desconhecia do transporte da droga e do documento falso.

Deixe seu comentário