Na última terça-feira (28), devido aos fortes ventos e a tempestade que caiu na cidade, várias árvores caíram e danificaram a rede de energia. Muitas residências ficaram sem luz até o dia seguinte. Após restabelecer a energia, os moradores notaram que aparelhos eletrônicos foram danificados com a queda brusca da energia e o prejuízo foi grande.

Tempestade na cidade deixou vários estragos.

Na casa da Dona Maria dos Santos, na região de Maxinda, zona rural da cidade, cinco árvores caíram e atingiram a rede elétrica. A energia no local só voltou às 15 horas da quarta-feira e a geladeira e os dois televisores queimaram. “Depois que a energia voltou vimos que os aparelhos não voltaram a funcionar. Acredito que esses aparelhos queimaram devido a queda brusca da energia. Não podemos ficar no prejuízo”, indagou ela.

Nosso leitor Leandro Fonseca relatou que na casa onde mora, 5 aparelhos ficaram danificados e ele calcula que teve um prejuízo em torno de R$ 2.500,00.

Resposta. A EDP Escelsa informou que segue as normas da Agência Nacional de Energia Elétrica – Aneel, órgão regulador do setor elétrico, para pedidos de ressarcimento em caso de dano a equipamentos elétricos decorrentes de anomalias no fornecimento de energia.

Ainda segundo a EDP, o cliente tem o prazo de até 90 dias corridos, a contar da data provável da ocorrência do dano elétrico no equipamento, para solicitar o ressarcimento. Para o pedido de indenização, o cliente deverá acessar a agência virtual no site www.edp.com.br – dentro da aba Distribuição ES – e preencher formulário específico para o caso, onde será relatado o ocorrido e discriminado o(s) equipamento(s) danificado(s). O pedido também pode ser realizado pessoalmente na Agência de Atendimento da Distribuidora.

Deixe seu comentário