Foi preso na tarde de ontem (15) em Guarapari, um ex-funcionário da Rodosol de 30 anos, suspeito de cometer assaltos a praça do pedágio de Guarapari, por três vezes. O carro usado no crime, uma espingarda e uma pistola de plástico transparente foram apreendidas na casa do detido.

Com ele e um menor de 17 anos,foram recuperados mais de R$ 1 mil roubados. O delegado da Delegacia Patrimonial de Guarapari, Guilherme Eugênio, disse que os crimes estavam sendo investigados e que nas últimas semanas, oito assaltos foram registrados na mesma praça. Os R$ 1.272 apreendidos na casa do ex-funcionário serão devolvidos para a empresa que administra o pedágio.

O veículo usado pelo ex-funcionário estava com a placa coberta nos três crimes.

“O caso já estava sendo investigado pela patrimonial, uma vez que havia chegado identificação do autor. Inicialmente não havia possibilidade de uma prisão em flagrante, mas com a constatação de um novo crime praticado na madrugada de hoje (ontem), diligências em conjunto com a Polícia Militar tiveram início. Eles foram presos em Setiba, passeando com a família”, disse o delegado.

Com ele e um menor de 17 anos, foi recuperado mais de R$ 1 mil roubados.

Veículo. Dos oito assaltos, a polícia acredita que três deles foram praticados pela dupla presa. Já que o veículo usado é o mesmo, um Voyage branco. Mas as investigações continuam.  “Três roubos foram praticados pela dupla, e um terceiro infrator já foi identificado também. A patrimonial continua investigando, se há participação deles nos outros crimes”, explica Eugênio.

O veículo usado pelo ex-funcionário estava com a placa coberta nos três crimes. No entanto, se tratava de um pano fino, sendo possível identificar a placa. O detido trabalhou por 10 meses na praça assaltada, e foi demitido em outubro, sem justa causa. Ele exercia a função de auxiliar de pista.

Assaltos. Segundo a polícia, o primeiro assalto aconteceu em 30 de dezembro, o segundo no último dia 4, e o terceiro foi ontem, durante a madrugada.  “Ele ia no sentido Vila Velha. Roubada uma cabine na ida, manobrava ao passar, e escolhia outra cabine no retorno para Guarapari. Não podemos afirmar se ele escolhia a cabine, mas sabemos que ele escolhia sempre a madrugada”, relata o delegado. O ex-funcionário foi autuado em flagrante pelo roubo qualificado.

Deixe seu comentário