Dois traficantes de drogas sintéticas de 22 e 31 anos foram detidos, em flagrante, nessa sexta-feira (15), por policiais civis da Delegacia Especializada de Narcóticos (Denarc) de Guarapari, no bairro Jardim Boa Vista, Guarapari.

Segundo o titular da Denarc, delegado Guilherme Eugênio, a equipe recebeu informações que davam conta das atividades empreendidas por esses dois suspeitos e montou uma campana, em meio a qual encontrou a oportunidade adequada à realização dessas prisões.

Durante a ação foram apreendidos R$ 5.196,00 reais, 254 comprimidos de “ecstasy”, 150 unidades de “LSD”, porções de “scank”, “haxixe” e “MD”, uma balança, embalagens para o envase das drogas e um simulacro de fuzil.

As drogas oriundas do Rio de Janeiro chegaram por entrega de correspondências.

Correio. “Investigações revelaram que precisamente naquele dia os suspeitos haviam recebido, pelos correios, uma encomenda oriunda do Estado do Rio de Janeiro que continha 240 das 254 unidades de “ecstay” apreendidas. Essas mesmas investigações permitiram a comprovação de que ambos pagaram por essas drogas por meio de depósitos bancários diretamente realizados por cada um deles na conta bancária daquele que lhes forneceu as drogas”, disse Guilherme Eugênio.

titular da Denarc, delegado Guilherme Eugênio

Ainda de acordo com a autoridade policial, o suspeito de 22 anos confessou o crime na presença de seu advogado e desbloqueou seu celular, viabilizando assim o avanço das investigações contra seu fornecedor.

“O suspeito narrou que havia formado um consórcio para aquisição do “ectasy” apreendido de modo a adquirir um montante maior da droga. Foi possível a identificação do fornecedor carioca dessas drogas, cuja prisão preventiva foi requerida ao juízo de plantão”, contou o titular da Denarc.

Eugênio destaca que a participação da comunidade na delação desse tipo de crime é crucial para o combate ao tráfico de drogas no Estado. Ele afirma que a denúncia pode ser feita de forma anônima pelo Disque-Denúncia 181, ou por meio do sitedisquedenuncia181.es.gov.br. “Todas as informações serão colhidas e analisadas”, garantiu

Os suspeitos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e foram encaminhados para o Centro de Detenção Provisória de Guarapari.

*com informações da Polícia Civil. 

Deixe seu comentário