Após a publicação da matéria dizendo que a prefeitura de Guarapari recebeu alerta do Tribunal de Contas do Estado (TCES), em virtude de estar gastando 60,62% da receita com pagamento da folha de pessoal, no 3º quadrimestre/2015, a Secretária da Fazenda do município, Elizabeth Piciafuoco, explicou ao Portal 27, que a situação já foi corrigida. “Essa notificação é do ano passado, onde já foram tomadas as providências necessárias”, explicou.

elizabeth piacciafuoco
Elizabeth Piciafuoco disse que as contas estão sob controle. Foto: João Thomazelli/Portal27

Ações. Ainda de acordo com ela, diversas atitudes foram tomadas pela prefeitura para poder se adequar ao limite imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que estabelece o máximo 54% da receita com pagamento do funcionalismo. Entre as ações adotadas segundo a secretária, está o decreto 130/215 que mudou o expediente administrativo da prefeitura passando o horário de funcionamento de 12h as 18h.

Houve também a demissão de mais de 100 pessoas no município conforme foi publicado pelo Portal 27, em outubro do ano passado. Segundo Beth, essas atitudes conseguiram equilibras as contas. “Fizemos as adequações necessárias e agora estamos com 50,32% por cento de gastos com pessoal”, disse.  O Tribunal de Contas explicou que sempre emite alertas quadrimestrais para as prefeituras que descumprem os limites da LRF.

Deixe seu comentário