Em reunião na  quinta-feira dia 20 de abril, sob a coordenação da Supervisão de Projetos que coordena as atividades do recém-inaugurado Serviço de Atendimento ao Turista (SAT) localizado no módulo do Centro de Atendimento ao Cidadão na Praia do Morro (CIAC), foi oficializado que o Município de Guarapari é quem acolherá crianças perdidas nas praias da cidade.

A reunião contou com a participação de representantes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Salvamento Marítimo, Conselheiros Tutelares, Secretaria de Saúde e Presidência da Associação de Moradores da Praia do Morro, que de maneira integrada atuarão em defesa das crianças e famílias que frequentam as praias de Guarapari.

O Município de Guarapari é quem acolherá crianças perdidas nas praias da cidade.

O Serviço agora realizado pelo município inicia a reestruturação dos serviços turísticos prestados aos visitantes, mostrando organização e a valorização da importância de expandir os cuidados aos turistas.

O Supervisor de Projetos, coordenador do Serviço de Atendimento ao Turista Anderson Arpini, diz que a prefeitura  está empenhada em transformar o turismo da cidade. “Iniciamos as reformas pelos atendimentos prestados, hoje além do acolhimento, temos atendimento aos turistas nas praias, atendimento bilíngue, achados e perdidos, e muitos outros serviços de qualidade que jamais foram prestados para os nossos visitantes, aproveito a  para parabenizar a gestão do nosso Secretário Miguel Agrizzi pelas inovações”, disse.

Representantes das entidades presentes elogiaram a atitude do município, os índices de crianças perdidas são altíssimos de acordo com representantes do Corpo de Bombeiros e Salvamento Marítimo, o salvamento marítimo em muitas das vezes deixavam seus postos para cuidar das crianças perdidas, com a iniciativa da SECTUR, teremos além de um cuidado de qualidade para as crianças, a garantia da finalidade dos serviços de salvamento marítimo que muito nos honra.

O coordenador do Serviço de Atendimento ao Turista Anderson Arpini, diz que a prefeitura está empenhada em transformar o turismo da cidade

Conselho Tutelar. A Polícia Militar participou com importantes sugestões e se colocou à disposição para continuar zelando por todos os cidadãos, visitantes e moradores da Cidade Saúde. O Conselho Tutelar representado pelas conselheiras Débora Ferreira e Zoraia Branusse contribuíram fortemente para a qualidade da prestação do serviço, em caso de permanência de alguma criança perdida por mais de 03 horas sem o encontro dos pais, o Conselho Tutelar entrará em ação se responsabilizando por cuidados tais como higiene e alimentação até o encontro com os pais.

A Associação de Moradores da Praia do Morro (AMPM), através de sua Presidente Fátima Fonseca, que também é membro do Conselho Municipal de Turismo (COMTUR) contribuiu  com sugestões e preocupações com a organização dos serviços e parabenizou a atuação da Secretaria de Turismo da cidade.

“Eu estou gratificada com as novas ações da secretaria de turismo, por meio do CIAC e essa questão da identificação das crianças é muito importante, porque nós teremos uma referência oficial de onde as crianças podem estar quando estiverem perdidas na Orla. Teremos garantias de segurança pois estarão realmente protegidas pelo município e pelo governo do Estado por meio da polícia militar e do corpo de bombeiros. Isso é uma tranquilidade para os moradores e para os turistas que virão para o nosso balneário”, disse Fátima.

A Secretaria de Turismo informa que o serviço de acolhimento às crianças iniciará pela Praia do Morro após estatísticas comprovarem que é a maior demanda do município, a SECTUR orienta que ao encontrar uma criança perdida na praia, encaminhe-a ao SAT, Serviço de Atendimento ao Turista localizado na Av. Beira Mar, no módulo do Centro de Atendimento ao Cidadão – CIAC, ao lado da Polícia Militar.

Deixe seu comentário