A frente fria que se deslocou para o Espírito Santo nesta segunda-feira (21) trouxe chuva e fortes ventos para as cidades litorâneas do Estado. A praia de Meaípe, que já vinha sofrendo com as consequências da ressaca da maré, teve mais estragos.

Os fortes ventos e o mar agitado derrubaram mais uma castanheira na orla de Meaípe.

A presidente da Associação de Moradores, Marlene Celda Amado relatou que mais uma árvore caiu na orla. “Hoje uma castanheira caiu lá onde começa a interdição da praia. O mar está barulhento e venta muito aqui. Já ficamos mais ou menos uma hora sem luz. A situação já normalizou, mas o mar continua agitado”.

Ela relatou que teme mais estragos. “O mar está batendo no quebra-mar e acredito que se continuar assim por mais tempo ou até mesmo à noite, quando a maré está mais cheia, há o risco de cair mais pedaços do quebra-mar. A gente fica apreensivo porque vemos que na parte que não tem o quebra-mar a água está entrando direto e cavando por baixo. Da maneira em que está a situação, não pode começar a obra e isso nos preocupa ainda mais”.

Na Ponta de Castelhanos, em Anchieta, o mar agitado também invadiu a pista e assustou quem passou pelo local. Confira no vídeo:  

Deixe seu comentário

Comments are closed.