Durante um evento no Rio de Janeiro nesta terça-feira (16) o presidente da Vale, Fábio Schvartsman, disse que a Samarco voltará a operar em 2020 com um terço de sua capacidade.

“Falta licença de operação (para Samarco), mas todos os indícios são de que não existirão problemas e, no início de 2020, será possível reiniciar a operação”, disse.

a previsão é de que a empresa volte a operar em 2020. Foto: Vinícius Rangel.

Schvartsman disse ainda que a empresa já pagou mais de R$ 5 bilhões em indenizações por causa do desastre causado com o rompimento da barragem em Mariana, em novembro de 2015. Além do incalculável prejuízo ambiental, 19 pessoas morreram durante a tragédia.

Comments are closed.