Banner TOP
JB Padrão

Na tarde desta terça-feira (06), a sessão ordinária da Câmara apresentou não só Projetos de Leis e requerimentos. O vereador Denizart Luiz mostrou sua intenção em abrir uma investigação da Câmara para checar os gastos do município com eventos desde o início do mandato do atual prefeito.

O vereador vai apresentar requerimento para que a Câmara investigue a costas prestadas pela prefeitura sobre os eventos feitos na cidade.

Denizart apresentou na última quarta-feira (28), uma denúncia no Ministério Público do Estado do Espírito Santo e no Tribunal de Contas do Espírito Santo pedindo a investigação do que foi gasto nos eventos. “Estou horrorizado com isso, uma cidade como a arrecadação de Guarapari, gastar milhões com festa é um absurdo. Minha equipe investigou as publicações em diário oficial, apresentamos a denúncia no Ministério Público e assim que possível, meu requerimento para que esta casa de leis investigue o caso entrará na agenda”, afirma o vereador que não conseguiu colocar o seu requerimento na pauta da sessão desta terça.

Licenciamento de micro cervejarias. O parlamentar apresentou também um Projeto de Lei que pede o licenciamento da atividade de micro cervejarias na cidade. “Fui procurado por mestres cervejeiros e para minha surpresa existem muitos em Guarapari. Eu os visitei e fiquei muito satisfeito com o trabalho que eles fazem. O meu projeto de lei é para que a prefeitura licencie, com isso os reconheça e incentive a atividade na região”, disse Denizart.

6 cervejeiros artesanais foram até a sessão representar a categoria.

Alguns micro cervejeiros acompanharam a sessão. Ayman Matar produz cerveja artesanal há cerca de 2 anos em Guarapari e conta que atividade tem crescido no município com 20 cervejeiros artesanais que hoje trabalham na informalidade. “Não existe diferença na legislação municipal entre cervejaria e micro cervejaria. Não tem como comparar alguém que produz  100 litros de cerveja para alguém produz 3 mil litros por dia. Precisamos ser reconhecidos como micro cervejeiros para podermos trabalhar licenciados, de forma legal, ter incentivo da prefeitura para os produtores locais, para até mesmo conseguirmos dar retorno para a cidade com geração de emprego”, disse Ayman.

Marcos Grijó

Adicional para professores de regiões rurais. Marcos Grijó colocou em pauta, através de seu requerimento, a lei municipal que garante um adicional de 20% no salário de professores da áreas rurais. “O meu requerimento é para chamar atenção para que se faça cumprir a lei que dá o adicional de 20% para professores de regiões rurais. Mas esse adicional tem que ser requerido na Semed, e o que chegou até mim, é que muitos professores não estão recebendo esse valor a mais”, disse o parlamentar.

O Portal 27 procurou a prefeitura que informou que os professores das zonas rurais devem procurar a Semed e solicitar o “difícil acesso”, a comissão julgadora vai analisar o pedido e se for aprovado, será concedido o valor adicional. A prefeitura informou também que o adicional sempre foi pago e que a Semed tem recebido vários requerimentos.

Institucional Karla
Institucional M Conveniências [banner top]
Institucional MAllagutti
Banner Marcelo
Institucional Basic Idiomas

Transparência (novo) – 700 x 90
Padrão
Institucional Flex Motors [banner final]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here