Após ficar conhecido por ter surfado em Pipeline no Havaí, o surfista Derek Rabelo deu mais o passo em sua carreira, surfando nas ondas em Teahupo, Taiti. O local é conhecido como “crânios quebrados”, em função da força das ondas e da existência de corais bastante pontudos.

Foto: reprodução rede social

Em maio de 2016 Derek, hoje com 27 anos, concedeu uma entrevista ao Portal 27 onde disse que seu grande sonho era se tornar um surfista de ondas grandes. Derek é Guarapariense, ficou cego logo nos primeiros anos de vida, mas mesmo assim não se sentiu impedido de ir atrás de seus sonhos e hoje se destaca no esporte.

Em suas redes sociais Derek falou do desafio de surfar essa onda: “Acreditar em nós mesmos é uma das maiores virtudes. Surfar essa onda requer muita coragem e é um desafio ainda maior para quem é cego. Desafios nos fazem mais fortes. Minha fé em Deus sempre será maior do que meus medos”, afirmou.

A façanha do jovem surfista foi elogiada por grandes nomes do esporte, como Mick Fanning e Tom Carroll.

Deixe seu comentário