Falar que o trânsito de Guarapari no verão fica caótico e perigoso já não é novidade para ninguém, nem para turistas e muito menos para os moradores da cidade. Com semáforos inoperantes e falta de sinalização nas pistas é uma aventura atravessar a pé alguns pontos da cidade.

No Bairro Aeroporto a sinalização horizontal foi apagada pelo novo asfalto. Foto: João Thomazelli/Portal 27
No Bairro Aeroporto a sinalização horizontal foi apagada pelo novo asfalto. Foto: João Thomazelli/Portal 27

Pelo menos dois atropelamentos sérios foram registrados em avenidas da cidade os últimos dois dias. O primeiro deles foi no Bairro Santa Mônica por volta das 21h30 da segunda-feira, em frente a uma padaria. No local há um semáforo, mas no momento do acidente ele não estava funcionando. Populares chegaram a bloquear a Rodovia do Sol por 10 minutos em protesto, já que é comum acidentes naquele cruzamento.

O atropelamento em Santa Mônica revoltou os moradores da região. Foto: Renato Ferraz/Portal 27
O atropelamento em Santa Mônica revoltou os moradores da região. Foto: Renato Ferraz/Portal 27
IMG-20141230-WA0003 (1)
Pedestre foi atropelado por moto no Bairro Muquiçaba. Foto: Wesley Carlos

Já na madrugada de ontem (30) por volta de 1 hora, um pedestre foi atropelado por uma moto no trevo de acesso à ponte do Centro, no sentido Centro – Muquiçaba. Nos dois casos não houve vítima fatal.

Ainda na manhã de ontem um motorista perdeu o controle do veículo no Contorno da Rodovia do Sol e capotou. O motorista saiu ileso do acidente. Testemunhas afirmam que o veículo estava em alta velocidade quando o acidente aconteceu.

E desde ontem os semáforos do trecho da Avenida Padre José de Anchieta (anteriormente chamada de Rodovia do Sol) em frente à entrada do morro da prefeitura até o trevo do Bairro Muquiçaba estava apenas piscando a luz amarela. O tráfego é pesado no local, principalmente nesta época do ano, e especialmente perigoso para pedestres por causa da falta de sinalização horizontal.

A prefeitura de Guarapari informou que desde outubro vem pedindo junto ao Governo Estadual uma solução para o problema da falta de sinalização. No segundo semestre deste ano o Governo começou uma obra de asfaltamento naquele trecho, mas a obra na foi finalizada até hoje.

“Nós tentamos por várias vezes junto aos órgãos competentes, como o DER-ES uma solução para aquela situação, visto que aquele trecho é responsabilidade do Estado e não podemos intervir. Mas depois que o governador Casagrande perdeu a reeleição, nós não conseguimos nem mesmo uma resposta sobre a situação. Esperamos que o próximo Governo, que assume agora, resolva o mais rápido possível”, explicou o prefeito Orly Gomes.

Orly disse ainda que os semáforos da Avenida Padre José de Anchieta estão desabilitados a pedido da prefeitura para ajudar no fluxo de veículos naquele trecho.

“Nós fizemos isso no ano passado e o resultado foi favorável. Com os semáforos em alerta, o motorista fica atento e o trânsito flui melhor. No ano passado não foi registrado nenhuma colisão séria naquele trecho”, concluiu o prefeito.

Deixe seu comentário