A Vale prevê que o preço do minério de ferro ficará acima de 110 dólares a tonelada neste ano, uma vez que a demanda da China deve continuar relativamente forte no futuro próximo, disse o presidente-executivo da mineradora brasileira, Murilo Ferreira, nesta segunda-feira.

“Estamos prevendo 110 a 145 dólares em termos de média neste ano”, afirmou Ferreira em apresentação durante conferência de investimento do Credit Suisse, em Hong Kong.

Minério de ferro.
Minério de ferro.

O executivo disse que a Vale está otimista sobre o crescimento futuro da demanda na China, maior consumidora mundial de minério de ferro, citando que ela não deve ser afetada pelos esforços de Pequim para reestruturar o setor de aço do país. Ferreira também minimizou preocupações sobre uma bolha no setor imobiliário do país.

“O que aconteceu é que tínhamos alguns excessos em cidades como Xangai e Pequim. Acreditamos fortemente que teremos uma boa demanda no futuro próximo”, disse ele sobre o consumo de aço na China.

O preço do minério de ferro, agora na casa dos 134 dólares a tonelada, vem apresentando volatilidade nos últimos dois trimestres diante da incerteza sobre o crescimento na China. O referencial do minério com teor de 62 por cento de ferro caiu na semana passada para o menor nível desde 18 de dezembro.

Este ano, a China divulgou várias medidas para reduzir o excesso de capacidade de sua indústria siderúrgica e para reestruturar o setor. Ferreira afirmou que a Vale continua aberta a discutir o preço do minério de ferro com clientes na China.

“A Vale está comprometida com a transparência na precificação do minério de ferro”, disse o executivo durante conferência. “O mais importante é abastecer o mercado. Estamos abertos a discutir qualquer alternativa … se (eles) quiserem comprar em uma base spot (à vista), em uma base mensal, em uma base trimestral”, afirmou.

 

 

Fonte: Vale

Deixe seu comentário