Amigos do estudante universitário Paulo Silva Lopes, que morreu durante um assalto no último dia 23, fizeram uma caminhada pela orla da Praia do Morro no fim da tarde de hoje. Eles pediram por justiça e relembraram do crime que ocorreu na semana passada.

Os amigos se sentaram próximo ao local onde Paulo foi morto. Foto: João Thomazelli/Portal 27
Os amigos se sentaram próximo ao local onde Paulo foi morto. Foto: João Thomazelli/Portal 27

A concentração começou por volta das 16 horas no primeiro quiosque da Praia do Morro. Cerca de 40 pessoas, na maioria amigos de Paulo, caminharam com cartazes, faixas e balões brancos por toda a extensão da orla.

Durante a caminhada eles pediam para que Guarapari acordasse, pois Paulo não era o primeiro e nem seria o último jovem a perder a vida para a violência.

No final da caminhada, eles pararam no local onde Paulo foi morto e se sentaram no chão e fizeram um minuto de silêncio. Em seguida rezaram o Pai Nosso e se dispersaram.

Carlos Turinan, amigo próximo de Paulo foi um dos organizadores da caminhada. “Paulo é uma pessoa que vai deixar saudade. Nós precisamos mostrar que nós amávamos o Paulo. Esta passeata, além de ser um pedido de justiça, é uma demonstração de carinho por ele”.

Deixe seu comentário