Mais uma vez o orçamento para o ano de 2019 da prefeitura não foi votado pela Câmara de Vereadores de Guarapari. Em uma última tentativa de aprovar o orçamento ainda este ano, o vereador Wendel Lima convocou uma sessão ordinária para a tarde de hoje, mas não pode ser realizada devido ao regimento interno.

O vereador Grijó explicou os motivos do atraso na votação do orçamento 2019.

Para se colocar um projeto em pauta, há a necessidade de fazer com 24 horas de antecedência, como prevê o regimento da Casa e este prazo não foi observado.

Esta é a segunda tentativa de aprovação do orçamento em menos de dois dias. Ontem havia uma sessão extraordinária marcada, mas por falta do número mínimo de vereadores, a sessão não aconteceu.

E os vereadores prometem bastante cuidado para aprovar o orçamento, já que muito pontos ainda não estão claros.

“O regimento da Casa prevê que as comissões podem pedir informações sobre o orçamento. Nós pedimos as informações ao prefeito, mas ele nega a nos responder. São explicações simples, como a não aplicação de recursos como 8% para a agricultura, 6% para o meio ambiente” explicou o vereador Grijó.

Grijó disse ainda que a ordinária de hoje não podia ter sido marcada, pois não se passou o prazo legal desde a última convocação. “O presidente (Wendel Lima) se equivocou na convocação da pauta, uma vez que não se passaram 24 horas de convocação de pauta para sessão extraordinária”, declarou.

O vereador Denizart Luiz foi mais incisivo:”Esta Casa não está mais dando tiro no escuro e passando cheque em branco para a prefeitura. Nós vamos discutir os assuntos importantes para a cidade e debater o que é bom para o município”, disse.

Pela previsão dos vereadores, o orçamento deve ficar mesmo para o próximo ano. Isso porém, segundo eles, não deve afetar de imediato a cidade, pois a prefeitura ainda tem em caixa parte do orçamento deste ano para pagar a folha de servidores.

 

Deixe seu comentário

Comments are closed.