O governo federal irá enviar tropas das Forças Armadas e agentes da Força Nacional de Segurança para o Espírito Santo, que sofre com a falta de policiamento há pelo menos três dias, desde o início dos protestos de familiares dos agentes, que impedem sua atuação nas ruas.

A informação foi confirmada agora pouco pelo o governador em exercício, César Colnago.

Desde a noite de sexta-feira, 3, familiares e amigos de policiais militares estão realizando manifestações em ao menos 30 cidades do Espírito Santo, impedindo a saída das viaturas para as ruas e afetando a segurança desses municípios.

O movimento que afeta o policiamento no Espírito Santo foi declarado ilegal pela Justiça. As associações que representam os policiais deverão pagar multa de R$ 100 mil caso a decisão seja descumprida.

Em entrevista à rádio BandNews FM, Garcia disse que a Força Nacional vai fazer o policiamento das ruas e as Forças Armadas vão trabalhar na “garantia do emprego e da ordem”, disse, sem saber o horário em que os agentes estarão à sua disposição.

Deixe seu comentário

Comments are closed.