Um ônibus escolar que transportava cerca de 40 alunos caiu dentro de um córrego na tarde de quarta-feira (23), em Presidente Kennedy. Segundo as informações da Polícia Militar, o veículo estava descendo uma ladeira de cerca de 120 metros quando perdeu os freios e caiu no rio com aproximadamente 40 alunos que foram socorridos no local.

Seis passageiros, em estado mais grave, precisaram ser transferidos para um hospital de Cachoeiro de Itapemirim e os outros foram atendidos e liberados.

fotos luciana maximo
Feridos foram sendo atendidos. Foto Luciana Máximo/Espirito Santo Noticias.

O acidente, ocorrido por volta das 12:30, deixou vários feridos e fez com que uma adolescente de 17 anos, grávida de três meses, perdesse o bebê após ser encaminhada para a Santa Casa de Cachoeiro.

A polícia ainda conta que antes de cair no barranco, de aproximadamente dez metros, o ônibus passou direto pela avenida, atingindo um caminhão que estava parado. O empresário Edilon Baiesnse, que ajudou no resgate dos estudantes, conta que muitos estavam feridos. “Muitas crianças estavam com ferimentos nos rostos e com os membros machucados”, disse.

fotos luciana maximo2
Ambulâncias foram usadas no atendimento. Foto Luciana Máximo Espirito Santo Noticias.

As vítimas que ficaram levemente feridas foram atendidas no local. Outros cinco passageiros, com lesões mais graves, foram encaminhados para a Santa Casa de Cachoeiro.

Familiares das vítimas disseram que o veículo trafega em péssimas condições, sucateados e com falta dos equipamentos de segurança. Um senhor ainda disse que as falhas do veículo são frequentes.

fotos luciana maximo1
Feridos foram encaminhados ao hospital em Cachoeiro. Foto Luciana Máximo Espirito Santo Noticias.

A viação Costa Sul, responsável pelo coletivo, disse que o veículo possui mais de 20 anos de uso, mas segundo o gerente da empresa, Rogaciano Marroquio, as manutenções eram realizadas periodicamente em Cachoeiro de Itapemirim, e que não acredita que a idade do automóvel possa estar relacionada com o acidente.

fotos luciana maximo4

A prefeitura de Presidente Kennedy disse que só tomará alguma previdência após o resultado da perícia, prevista para sair daqui a 30 dias.

Prefeita de Kennedy publica nota oficial sobre o acidente com os alunos

NOTA OFICIAL

Em relação ao acidente com o ônibus escolar da Viação Costa Sul, ocorrido por volta das 12:10h de hoje, quando deixava a Sede deste Município, transportando cerca de 40 (quarenta) alunos do turno matutino da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio de Presidente Kennedy, residentes nas localidades rurais de Santo Eduardo, Campo Novo, Criador, Marobá e Boa Vista do Sul, a Prefeitura Municipal vem a público prestar os seguintes esclarecimentos:

1. Desde que tomamos conhecimento do ocorrido, nossa maior preocupação foi prestar socorro rápido e eficaz aos feridos. Em menos de cinco minutos, ambulâncias da Secretaria Municipal de Saúde e viaturas da Guarda Municipal foram deslocadadas para o local do sinistro, onde prestaram os primeiros socorros aos feridos;

2. Com as cautelas de praxe, para evitar agravamentos de eventuais fraturas e outras intercorrências traumáticas, todos, inclusive o motorista do ônibus, foram removidos para o Pronto Atendimento Municipal – PAM, onde uma equipe formada por nove médicos e quinze enfermeiros atendiam às vítimas, a maioria, felizmente, com escoriações de menor gravidade;

3. Por cautela e zelo, nossos profissionais médicos decidiram encaminhar três pacientes para hospitais de Cachoeiro de Itapemirim, onde receberam atendimento ortotraumático e, até à tarde, se encontravam em observação, felizmente fora de situação de risco;

4. Os Secretários Municipais da Educação, Sabrina Proêza, e da Saúde, Joseli Marquezini, acompanharam pessoalmente o atendimento aos feridos e suas famílias, disponibilizando todos os recursos materiais e humanos da Prefeitura para essa assistência emergencial;

5. O Gabinete da Prefeita acionou as Polícias Civil, Militar e o Corpo de Bombeiros para as providências cabíveis a cada uma dessas corporações, bem como o representante da Viação Costa Sul, Sr. Rogaciano Maroquio, que acompanhou de perto todos os trabalhos.

6. Determinei abertura imediata dos procedimentos administrativos cabíveis para a apuração dos fatos, responsabilidades e adoção das medidas preventivas e corretivas, até a conclusão da perícia técnica, já em curso.

7. Reitero a irrestrita solidariedade do Executivo Municipal a todas as vítimas e suas famílias, augurando votos de pronto restabelecimento e agradecendo a Deus por ter evitado danos maiores às vidas dos envolvidos no lamentável acidente.

Presidente Kennedy-ES, 23 de outubro de 2013.

AMANDA QUINTA RANGEL
Prefeita Municipal

 Kombi cai em barranco em Mimoso do Sul

No dia 23, outro acidente ocorreu na cidade de Mimoso do Sul no momento em que o motorista estava indo buscar os alunos, ao tentar desviar perdeu o controle e desceu o barranco.

Uma Kombi, que servia de transporte escolar, despencou de um barranco, no dia 23, após se envolver em um acidente no interior do município de Mimoso do Sul. No momento do acidente apenas o motorista estava no veículo e o mesmo não se feriu, apesar do carro ter ficado bastante destruído. Pais dos estudantes alegam que o motorista percorria em alta velocidade.

b59e5bb07d3992ca71003c6f84e496430ada1304
Kombi despencou de um barranco. Foto reprodução internet

De acordo com o motorista, ele seguia para buscar os alunos, quando se deparou com uma pedra no meio da estrada. Ao tentar desviar, perdeu o controle e desceu o barranco de aproximadamente 20 metros de altura. O carro só parou após bater em uma bananeira do cafezal.

Segundo a mãe de um dos estudantes, o motivo pode ter sido outro. “ Ele costuma andar em alta velocidade”, destaca a dona de casa, Janete Vieira. Outros familiares também alegaram que as próprias crianças já reclamaram do excesso de velocidade do motorista e algumas até têm medo de irem à escola. O tacógrafo, instrumento que mede a velocidade do automóvel, não foi encontrado pelos policiais.

Além do excesso de velocidade, o motorista também é acusado pelos moradores da comunidade de transportar uma quantidade de alunos acima da permitida.

Eles disseram que várias reclamações foram feitas à escola, mas a empresa responsável pelo transporte e a prefeitura de Mimoso do Sul desconheciam o assunto. A prefeitura do município vai estudar com os moradores e a empresa o que pode ser feito para melhorar o transporte escolar. A conduta do motorista será investigada.

Deixe seu comentário