A advogada Roberta Lima Rangel, de 38 anos, não resistiu ao câncer e faleceu no início da tarde desta quinta-feira (19).  Há três meses ela vinha lutando contra um câncer no fígado e passou por uma cirurgia para a retirada do nódulo em que a família fez uma campanha para conseguir doação de sangue para a realização do procedimento.

Segundo familiares, Roberta vinha fazendo sessões de quimioterapia e faleceu no hospital Meridional, em Cariacica. Ela deixa um filho de 2 anos.

O velório será realizado na funerária Candelabro, na Avenida Jones dos Santos Neves, em Muquiçaba, a partir das 17h30 de hoje. Já o sepultamento está marcado para às 9h, no cemitério São João Batista, no Centro