O aeroporto de Guarapari está interditado. A medida foi tomada essa semana pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) por tempo indeterminado após a constatação de falhas na segurança.

Em setembro fiscais da ANAC realizaram uma inspeção no aeroporto e encontraram quatro irregularidades.

Segundo a ANAC, em setembro fiscais estiveram no aeroporto e durante a inspeção verificaram quatro não conformidades: as barreiras de segurança não são mantidas em boas condições de conservação, obstrução da faixa de pista, sinalização horizontal das pistas em más condições de manutenção e luminárias do sistema de balizamento noturno danificadas.

“Diante da situação, a Agência aplicou medidas cautelaras ao aeroporto, o que inclui a proibição de operações de pousos no terminal.  A restrição ficará até que o operador aeroportuário informe e comprove a correção das não conformidades, ou que implementou medidas mitigadoras no terminal”, explica a nota enviada pela ANAC.

O aeroporto foi inaugurado em 1987. Atualmente sua maior movimentação é na alta temporada, quando turistas com maior poder aquisitivo usam o terminal para chegar no município e também quando são oferecidos passeios de helicópteros pelos pontos turísticos da cidade saúde. Desde 2013 o local é de responsabilidade da Prefeitura de Guarapari, que teria sido notificada sobre os problemas na segurança em abril.

O Portal 27 procurou a prefeitura para saber se ela realmente foi oficialmente notificada da interdição, se vai tomar alguma medida para liberar o terminal antes do verão e quando os problemas encontrados pela ANAC serão solucionados e recebeu a seguinte resposta: “A Secretaria Municipal de Obras informa que está ciente da interdição e não tem medido esforços para resolver os problemas presentes no aeroporto. Uma equipe de Secretaria Municipal de Análise e Desenvolvimento de Projetos realizou um diagnóstico do local e identificou diversas necessidades de melhoria, desde então, estratégias foram elaboradas e as obras de reparo já estão sendo executadas. A interdição foi necessária para a realização dessas obras. A expectativa é de que tudo seja feito antes da alta temporada”.

Comments are closed.