A Apae de Guarapari foi selecionada pelo Criança Esperança para receber um micro-ônibus adaptado, a notícia foi dada no último mês pelo ator global Ariel Goldenberg em visita à Associação. Além da visita do ator, representantes e alunos da Associação de Pais e amigos dos Excepcionais participaram também do Caldeirão do Huck, onde aconteceu o lançamento da campanha e o anúncio de que todas as entidades já haviam sido selecionadas.

Visita do ator global. “Quando o Ariel veio, os alunos e toda a equipe ficaram muito satisfeitos. Ele é aquele ator que tem síndrome de down. Quando eles vieram aqui pra dar a notícia nossa foi um dia muito especial pra todos os alunos, fizeram muita interação, jogaram capoeira. Foi muito legal e também importante eles verem que uma pessoa que tem síndrome de down hoje é ator, é uma pessoa respeitada, isso pra eles é muito importante”, afirmou Luciane Pádua, presidente da Apae.

Visita do ator Ariel Goldenberg

Edital. A Apae foi selecionada pela UNESCO, por meio de um edital público que direciona apoio financeiro ao selecionar projetos de organizações sem fins lucrativos. Para Luciane, a conquista é importante, mas a batalha é antiga. “fomos contemplados, mas enviamos o projeto umas quatro vezes, todo ano a gente tentava. Agora conseguimos o nosso micro-ônibus adaptado. Fizemos a inscrição pelo site e mandamos os documentos, o projeto, depois eles fazem uma pré-seleção e entram em contato com a entidade pedindo outra documentação, por fim pedem filmagens com depoimento das pessoas da cidade para comprovar que realmente a entidade é séria”, afirmou.

Dificuldade no transporte. Nossa maior dificuldade hoje realmente é o transporte, a gente tem muitos alunos com muita limitação que não conseguem entrar, subir e descer do transporte público. A gente precisa realmente dar atenção àqueles que não têm meio de locomoção. Estou na presidência da Apae há alguns anos e venho lutando desde quando entrei, graças a Deus a gente conseguiu”, afirmou Luciane.

A presidente da APAE acredita que no início do próximo ano os alunos já terão o veículo à disposição. “Acredito que após o Criança Esperança eles já vão pedir pra gente mandar a documentação da liberação, eu tenho quase certeza que até ano que vem a gente já vai estar com o micro-ônibus transitando”, afirmou.

Luciane comemorou a grande conquista. “Foi realmente uma grande vitória pra gente não foi fácil é um processo bem complicado, mas graças a Deus a gente tem uma credibilidade na cidade, a gente tem faz um trabalho de reconhecimento, eu acho que foi o que alavancou a escolha lá”, afirmou.

O Criança Esperança acontece na próxima segunda (19) e haverá exibição de imagem das entidades contempladas, inclusive da Apae Guarapari. Durante toda a programação da emissora, as imagens estão sendo exibidas, no Espírito Santo foram três entidades selecionadas pelo Edital da Unesco.

Deixe seu comentário