A APAE de Guarapari está prestes a mudar para sua nova sede localizada na Rua Oséas Santiago, no bairro Itapebussu. A notícia seria boa se já estivesse tudo pronto, mas, infelizmente, esta não é a realidade. O local, que teve a obra paralisada por um mês, por falta de material, está sendo feito por etapas. Quando a instituição vai recebendo material para continuar a obra, eles vão realizando.

Teto da nova sede da APAE, inacabado. Foto: Whatsapp.

A gerente financeira da APAE, Flávia Baioco relatou que a APAE existe há 20 anos e seus usuários estão na faixa etária de 4 a 50 anos. Ao todo a instituição atende 96 pessoas na cidade. Ela explicou que a mudança se deve porque a instituição não tem condições para arcar com o aluguel da atual sede. “O motivo principal, é a falta de recurso para pagar o aluguel, visto que a Prefeitura não fez convênio para o pagamento do aluguel deste ano”.

parte do prédio da nova sede da APAE. Foto: Whatsapp.

A obra teve início em 2010 e para ser finalizada ainda falta muito material. “Estamos na fase de acabamento do primeiro pavimento, está faltando: tinta, portão, cimento, interruptores, torneiras, vasos acoplados, cubas para pia. O restante da obra está somente no reboco, faltando toda a parte de acabamento, piso, janelas, portas entre outros itens”, disse Flávia.

Campanha. Na tentativa de dar continuidade a construção a APAE está realizando a campanha do cimento, em que as pessoas podem doar o saco de cimento ou uma quantia em dinheiro para que a instituição faça a compra. Segundo a gerente financeira, até o momento 55 sacos foram arrecadados.

Nova sede da APAE. Parte interna. Foto: Whatsapp.

Mesmo com a atual situação financeira, ela garante que a equipe segue desenvolvendo as atividades da melhor forma possível. “Na área da Assistência e educação os atendimentos estão sendo oferecidos com qualidade e os recursos são provenientes de parceria pública iniciadas em 2016 por meio de projetos. Estamos aguardando processos que estão paralisados na Prefeitura para darmos continuidade nos serviços ofertados na área da Assistência.  Na área da saúde contamos com uma fisioterapeuta e uma fonoaudióloga contratadas pela Instituição, porém estamos propondo parceria com a Secretaria de Saúde do Município para ampliar nossa capacidade de atendimento”.

Quem quiser ajudar a instituição na realização da obra pode entrar em contato pelos telefones (27) 3361.3300 ou (27) 99829.8182

O Portal 27 entrou em contato com a prefeitura que informou que “A Secretaria Municipal de Trabalho Assistência e Cidadania (Setac) informa que em Janeiro deste ano entrou em vigor a Lei Federal 13019/2015, que deve ser regulamentada pelos municípios. A municipalidade já fez a regulamentação e agora está realizando o processo de convênios que deve ser realizada para a liberação do repasse do aluguel que está previsto para acontecer em até um mês”.

Deixe seu comentário

Comments are closed.