Um homem ainda não identificado assaltou uma farmácia em Muquiçaba no final da tarde de hoje. Antes de fugir, o suspeito lutou com um policial militar aposentado que estava na farmácia e deu um tiro com uma arma de fabricação caseira.

Por volta das 17 horas, o suspeito entrou na farmácia e anunciou o assalto. Ele rendeu um atendente e o sargento aposentado da PM  José Mário Gomes, que estava no local para pagar contas.

A arma de fabricação caseira tem capacidade para um tiro de calibre 12. Foto: João Thomazelli/Portal 27
A arma de fabricação caseira tem capacidade para um tiro de calibre 12. Foto: João Thomazelli/Portal 27

“Ele chegou com a arma em punho e mandou eu ficar quieto. Esperei ele sair da farmácia com o dinheiro. Na hora em que ele montou em uma moto para fugir, eu o empurrei. Ele caiu da moto e levantou com a arma na mão. Bati no braço dele e ele atirou. O tiro pegou no chão e ele saiu correndo”, conta José Mário.

O policial ainda tentou perseguir o suspeito, mas ele acabou fugindo. Ao retornar para o local do assalto, outro homem tentava sair com a moto e o policial deu voz de prisão a ele. “Ele falou que a moto era dele, mas o assaltante estava tentando fugir com ela. Resolvi então deter ele para saber se ele tem alguma participação no assalto”, explicou o policial.

O detido, que não teve o nome divulgado, foi levado para o DPJ de Guarapari para ser ouvido pelo delegado de plantão. A arma usada no assalto é de fabricação caseira e tem capacidade para um tiro com munição calibre 12.