Vem concurso público por aí. De acordo com informações do jornal A Gazeta, a mesa diretora da Assembleia Legislativa do Estado do Espírito Santo afirmou que até o final de 2020 a casa deve abrir novas vagas para funcionários concursados.

Ainda segundo o jornal, o concurso público deve ser realizado até o final da gestão do atual presidente da Assembleia Legislativa Erick Musso, do PRB. Para isso, inclusive, a Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2019 já reservou o quantitativo de 5 mil reais em seu orçamento, a fim de custear o processo.

Assembleia Legislativa do Espírito Santo

Recentemente foi realizado o programa de aposentadoria incentivada, que contou com a adesão de 53 servidores, o que gerará uma economia de mais de 20 milhões para os cofres públicos. Dessa forma, de acordo com A Gazeta, Musso acredita que o concurso público possa disponibilizar até 100 vagas.

O último concurso da casa foi em 2011, com 141 vagas para os cargos: Procurador de 1ª categoria, Analista em Comunicação Social I, Taquígrafo Parlamentar Apanhador I, Técnico em Comunicação Social I, Técnico em Tecnologia da Informação I e Técnico Legislativo Sênior I, distribuídos entre os níveis ensino médio e superior. A empresa responsável pelo concurso foi o Cespe e os salários na época iam de R$2.620,41 a R$ 8.570,80, acrescidos de gratificação de produtividade de até 20% e auxílio alimentação de R$ 613,75. Ainda não há data definida prevista para a seleção, mas os candidatos devem ficar atentos.

Deixe seu comentário