Na tarde desta quarta-feira (28) um avião monomotor acabou saindo da pista de pouso do aeroporto de Guarapari. O aparelho, que é usado por uma escola de aviação, sofreu uma pane ainda no ar e o instrutor fez o pouso.

De acordo com informações obtidas no aeroporto, apesar do susto e da imagem que impressiona, nem o instrutor e nem o aluno sofreram lesões. As forte rajadas de vento que atingiram a cidade na tarde de hoje também contribuíram para que o avião saísse da pista depois de já estar no solo.

O monomotor ficou preso entre as árvores que ficam no fim de uma das cabeceiras da pista. Foto: João Thomazelli/Portal 27

Outro piloto que se preparava para pousar no aeroporto viu a cena. “Eu estava fazendo a aproximação e me preparando para fazer o pouso. Ouvi pelo rádio o piloto falando que o motor apagou e logo em seguida vi a hélice parando. Eles tentaram frear o aparelho, mas acredito que o vento forte ajudou a empurrá-los para fora da pista”, contou o advogado Cláudio Roberto, que é de Cachoeiro de Itapemirim, mas veio passar as férias em Guarapari.

Roberto disse ainda que assim que o avião parou os dois ocupantes saíram correndo. “Eu falei pelo rádio para eles se acalmarem que não havia nenhum sinal de incêndio de onde eu estava vendo. Piloto há 30 anos e sei que este tipo de pane pode acontecer. É importante manter a calma nestas horas e foi o que o piloto fez”, finalizou o advogado.

No fim da tarde de hoje uma equipe de funcionários da escola de aviação tentava fazer a remoção do avião, que ficou preso entre as árvores localizadas logo depois de uma das cabeceiras da pista de pouso.

Deixe seu comentário