Os bancos têm liderado o ranking de reclamações no Instituto Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-ES) esse ano. As principais queixas estão relacionadas a empréstimo automático sem consentimento do aposentado e pensionista; modalidade de empréstimo via cartão consignado cobrando altos juros do cartão e descontando o valor mínimo no benefício do consumidor, fazendo com que entre no “rotativo”; refinanciamento de empréstimo sem autorização prévia; falta de informação clara e precisa sobre o que o consumidor está contratando e cobrança indevida.

Até o momento, mais de 24 mil atendimentos foram realizados pelo Procon-ES. Desse total, mais de 4 mil atendimentos estão relacionados aos assuntos bancários. Além de bancos, outros segmentos de natureza financeira como financeiras, operadoras de cartão de crédito, consórcios, cartões de loja, dentre outros, somam quase 11 mil atendimentos no Procon Estadual.

Ocupa a segunda posição do ranking de atendimentos as financeiras (1.977), seguidas pela telefonia celular (1.915), cartão de crédito (1.676), e, em quinto lugar, energia elétrica (885).

Reclamação

Os consumidores poderão registrar suas reclamações pelo aplicativo Procon-ES (disponível para Android) ou pelo e-mail atendimentoapp@procon.es.gov.br. Os atendimentos também são realizados pessoalmente, na sede do Procon Estadual, na Avenida Jerônimo Monteiro, 935, Centro, Vitória, de segunda-feira a sexta-feira, mediante distribuição de senhas diárias às 9 horas e às 13 horas. Os consumidores podem procurar ainda a Unidade Faça Fácil, em Cariacica, que atende também aos sábados, até as 13 horas.