A Campanha Nacional de Vacinação contra gripe foi prorrogada até o dia 15 de junho em todo o País. A recomendação do Ministério da Saúde foi adotada em decorrência dos possíveis impactos da paralisação dos caminhoneiros no transporte público.

A campanha de vacinação contra gripe, que estava prevista para acabar no dia 1º de junho, foi prorrogada para o dia 15 do mesmo mês. Foto: Sesa

No Espírito Santo, desde o início da campanha – de 23 de abril até o final da manhã desta segunda-feira (28) –, foram vacinadas 726.154 pessoas dos grupos prioritários com meta estabelecida (76,64%). No Espírito Santo, 963.932 pessoas estão entre o público-alvo da campanha, que tem como meta imunizar pelo menos 90% (867.538) dessa população, conforme estabelece o Ministério da Saúde.

Os grupos com maiores coberturas de vacinação até o momento são os indígenas (89,17%), idosos (88,48%), puérperas (82,61%) e professores (78,81%).

Já os grupos com menores coberturas são trabalhadores da saúde (72,95%), crianças de seis meses a menores de 2 anos (65,05%), gestantes (60,5%) e crianças de 2 anos a menores de 5 anos (59,35%).

Grupo prioritário:

– Crianças de 6 meses até menores 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias);

– Trabalhadores de saúde;

– Gestantes;

– Puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto);

– Pessoas com doenças crônicas ou condições clínicas especiais;

– Povos indígenas;

– Pessoas com 60 anos ou mais;

-Professores que atuam em sala de aula em escolas públicas e privadas de ensino infantil, fundamental, médio e superior;

– População privada de liberdade;

– Adolescentes e jovens sob medida socioeducativa;

– Funcionários do sistema prisional.

 

*Com informações da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa)

Deixe seu comentário