Ribero e Padua
JB Padrão
Banner TOP

Ele é  líder do ranking brasileiro de Taekwondo, Charlles Maioli, de 23 anos é nascido e ainda mora em Guarapari. Em um bate papo com nossa equipe, nos falou um pouco sobre a sua trajetória e da alegria de fazer parte hoje da seleção brasileira que irá representar o Brasil nos torneios mundiais abertos. Com isso, ele espera  somar pontos para poder disputar as Olimpíadas de 2016.

1898006_290378297777102_1733450743_n
Charlles Maioli, líder do ranking brasileiro de Taekwondo,

Hoje você mora onde?

Moro em Guarapari mesmo, mas vou e volto todos os dias para Vitoria, onde eu treino.

Fale do seu primeiro contato com o Taekwondo.  Onde foi e de que forma você passou a conhecer e a treinar a modalidade?

Comecei a treinar pois eu era muito agitado, então minha mãe me pôs no Taekwondo, porque já tinha na academia do meu Tio Lucas e meu irmão Thalles já fazia. Eu tinha por volta de 4 a 5 anos de idade.

Como você vê a importância de alguns projetos como do Sandro Magnago, que  ensina o Taekwondo nas escolas publicas para crianças?

Excelente, pois é desses projetos que podem sair um talento, além de um ensinamento de filosofia de vida.

Hoje como é para você estar representando Guarapari e o Espírito Santo na seleção brasileira de Taekwondo?

Momento único para mim, agora é trabalhar para representar bem o Estado fora do pais.

1622236_290378337777098_1766881942_n
Charlles Maioli em ação, mostrando todo seu talento.

E nas olimpíadas sua vaga já esta garantida?

Não  está garantida, mas um degrau já foi subido, um degrau muito importante.

Falta o que para de fato você nos representar nas olimpíadas de 2016?

Falta agora lutar os abertos fora do país e pontuar no ranking internacional

Fale um pouco de suas vitórias quais foram?

O nível técnico da competição estava difícil demais, estavam lá os melhores do ranking brasileiro, além dos atuais titulares e reservas da seleção até então. Minha primeira luta foi contra um atleta muito técnico de São Paulo onde a luta foi travada mas ganhei de 7 x 6, na segunda luta, lutei contra um ídolo meu, Marcel Wenceslau, já tem uma olimpíadas nas costas e vários mundiais, uma luta muito estudada onde sai com a vitoria de 7×6, a final foi contra o Felipe Kenji do Paraná, que até aquele momento era o titular da categoria 63kg, mas graças a Deus consegui desenvolver uma boa luta e ganhar de 8×6.

 Você esta em qual lugar do ranking?

Hoje, além de Titular da Seleção Brasileira de Taekwondo na categoria até 63kg, sou líder do ranking na mesma.

1896794_290378357777096_760849638_n
Ele disputou com os melhores do ranking brasileiro

E patrocínios como esta hoje? Precisa de mais?

Recebo uma ajuda de custo do Magazin Grande Rio,Dom Diego e da Dismagua. Mas patrocínio não tenho nenhum.

Qual o apoio que você tem hoje do município de Guarapari?

Não tenho nenhum apoio do município.

Você morou um tempo fora do Estado e chegou a ser campeão brasileiro pelo Paraná? Eles te apoiavam mais?

Sim, o Estado do Paraná tinha uma estrutura financeira melhor.

1521405_269665139848418_342491474_n
Governador e outras autoridades ao lado do campeão.

O que fez você voltar a treinar e competir pelo ES?

A saudade da família juntou com o convite do meu atual treinador Leni Jr., que me mostrou o projeto do Centro Olímpico do Espírito Santo, onde gostei muito e resolvi apostar nesse projeto, projeto que até então está excelente.

Como é o seu treinamento? Quantas vezes por semana você treina? 

Treino em Vitória neste Centro Olímpico, os treino são de segunda à sexta. Dois treinos por dia, técnico e tático de manhã e treino físico a tarde.

Hoje além de treinar, você ainda estuda como é essa rotina?

Muito complicada, pois treino em Vitória e estudo em Guarapari, mas vou levando do jeito que consigo.

1655912_290378404443758_1912736972_n
Charlles desbancou vários adversários para ser o campeão.

Charlles deixe seu recado e conselho para os jovens que hoje se espelham em você?

Tudo aquilo que for fazer independente se for no esporte ou na escola faça bem feito, pois só assim terá o resultado esperado. Se você fizer pela metade seu resultado será pela metade. Se esforce, lute e batalhe por aquilo que você quer, faça valer a pena e não deixe ninguém, ninguém mesmo falar que você não é capaz, pois só você pode realizar seu próprio sonho.

 Por Junior Barcelos

BarcelosJunior Barcelos é radialista na rádio Colina FM

Camara Municipal de Guarapari – Participe
Ideally

Institucional MAllagutti
Banner Marcelo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here