A prova do concurso público da Prefeitura de Guarapari foi realizada no último domingo (10), deixando muitas pessoas insatisfeitas. O gabarito preliminar divulgado ontem (11) não agradou alguns candidatos, que encontraram erros e aguardam correções. Eles também reclamam das provas.

prova concurso público prefeitura de guarapari
Candidatos reclamaram das provas.

Uma candidata que preferiu não se identificar conta que fez a prova de nível superior para o cargo de arquiteta, mas estranhou o fato de que apenas seis questões de conhecimentos específicos constavam na lista de conteúdo programático. “Fiquei desanimada com esse concurso. Foi o primeiro que fiz, para testar, mas não deu certo, porque não tinha quase nada da minha área”, disse.

O administrador Heliomar Jacob de Abreu não fez a prova, mas teve acesso aos cadernos de questões e aponta alguns erros. Segundo ele, das 40 questões das provas de nível superior, 33 eram iguais em todos os cadernos (exceto para o cargo de procurador municipal). O Edital determinava que as provas teriam 14 questões de conhecimentos específicos, no entanto, sete se repetem em todas as provas de nível superior, com exceção apenas para o cargo de procurador.

Imagem-Site-Concurso (1)
A prova do concurso foi realizada no último domingo (10).

“Tudo isso é uma total irresponsabilidade com a população de nossa cidade. Como pode um médico do trabalho, um turismólogo, oceanógrafo e um engenheiro prestarem concurso para áreas tão distintas uma da outra e mesmo assim 82,5% das questões serem iguais?”, questiona.

Uma leitora disse estar revoltada com a prova. “Uma prova muito mal elaborada ao que se refere as questões específicas. Na prova que eu fiz só caiu uma referente ao cargo. Agora me diz o que adiantou eu acertar nove questões das dez de língua portuguesa se as específicas valiam 2 pontos cada e só acertei duas?”, escreveu.

Erros no gabarito preliminar

Candidatos também apontaram erros no gabarito preliminar, que foi divulgado ontem (11). Na questão 15, relacionada à informática, da prova de nível superior (exceto para o cargo de procurador municipal), de acordo com o gabarito, a resposta seria a letra “b”, mas a opção correta é a letra “a”.

Já na questão 24, também de nível superior (exceto para o cargo de procurador municipal), inserida em “conhecimentos gerais e do município”, o gabarito traz a letra “a” como resposta. Porém, o enunciado pedia a opção INCORRETA, e essa seria a única resposta CORRETA para a questão.

Questões específicas

O Edital do concurso determina que a prova teria 14 questões de conhecimentos específicos. No entanto, inseridas neste tópico, as questões de 27 a 33 eram iguais em todas as provas de nível superior (exceto para o cargo de procurador municipal), sobrando, então, apenas sete de cunho específico para cada cargo.

Quantidade de questões semelhantes para cargos diferentes

Em análise das provas do ensino superior, candidatos constataram que, das 40 questões, 33 eram as mesmas para todos os cargos.

IBEG

logo ibeg Nossa equipe tentou contato com o Instituto Brasileiro de Educação e Gestão (IBEG) solicitando esclarecimentos para as pontuações feitas acima por candidatos e pessoas que tiveram acesso as provas, mas, até a publicação desta reportagem, não obteve resposta.