De acordo com o novo boletim divulgado pela Defesa Civil, o número de mortos no Espírito Santo, por causa das chuvas, subiu para 27. Em Barra de São Francisco, foi registrada uma morte por afogamento agora a pouco. Na madrugada, voltou a chover forte e a cidade ficou completamente alagada.

As informações indicam que já foram registrados acúmulos de chuva com volume superior a 700 milímetros desde o início do mês de dezembro em alguns municípios do Estado. "O solo já está muito encharcado, e a continuidade da chuva só agrava os impactos", disse Hugo Ramos, meteorologista do Incaper.
As informações indicam que já foram registrados acúmulos de chuva com volume superior a 700 milímetros desde o início do mês de dezembro em alguns municípios do Estado. “O solo já está muito encharcado, e a continuidade da chuva só agrava os impactos”, disse Hugo Ramos, meteorologista do Incaper.

Outras duas crianças, que estavam desaparecidas, desde o deslizamento no bairro São Marcos, em Colatina na segunda-feira (23), foram encontradas mortas na tarde de hoje. A Defesa Civil ainda confirmou a morte de outra vitima na localidade de Barra do Paulista, que estava desaparecida desde o dia 19. Um homem de 47 anos morreu afogado na região.

Até o momento já são nove mortos em Baixo Guandu, dois em Barra de São Francisco, oito em Colatina, um em Domingos Martins, seis em Itaguaçú e um em Nova Venécia.

Deixe seu comentário