Com o objetivo de entender a erosão que atinge a Praia de Meaípe em Guarapari pesquisadores das Universidades do Espírito Santo e de São Paulo, vão se reunir em um workshop nos dias 29 e 30 de novembro. Esse é o II Workshop sobre as areias monazíticas que vai acontecer no balneário. Dessa vez, os estudos vão abranger tanto a erosão e também discutir as possibilidades de a praia conquistar a certificação internacional da Bandeira Azul. Leia também!

O Workshop vai acontecer nos dias 29 e 30 de novembro em Meaípe. Foto: Renan Alves

Segundo o pesquisador Marcos Tadeu Orlando, que é doutor em física nuclear e organizador do workshop, o intuito é tratar ações para que Meaípe torne-se uma praia com reconhecimento internacional.

” A Bandeira Azul é um selo internacional que dá ampla visibilidade a Praia que a recebe. Nós vamos aliar tudo isso a Praia de Meaípe, por isso temos que estudar a erosão e também a permanência das areias monazíticas no local”, disse Marcos.

Acrescentou ainda, que os pesquisadores estão em contato com o Estado, acompanhando os projetos de engordamento da orla de Meaípe.

“Estamos estudando para que seja feito um projeto de engordamento com um nível internacional, para manter a qualidade da praia e a sua peculiaridade”, completou.

Nas discussões há inclusive um professor da Holanda que é especialista em oceanografia que vai avaliar os projetos relacionados a erosão, ponderou Marcos Tadeu.

Os comerciantes de Meaípe e a Associação de Moradores está apoiando o Workshop com intuito de obter avaliações técnicas sobre o balneário e a visibilidade para a Praia de Meaípe.

Segundo o comerciante, Geraldino Nascimento Neto, só o selo da Bandeira Azul já amplia a divulgação do balneário.

“A possibilidade de Meaípe se tornar referência com a conquista desse selo da Bandeira Azul é gigante. Esperamos que ocorra uma reviravolta positiva em nosso balneário, para que as pessoas possam voltar a caminhar na orla, apreciar o mar e usufruir da praia como era antigamente. Com todas essas forças que estão se unindo, Meaípe só tem a ganhar”, disse Geraldino.

O Workshop vai contar com os seguintes palestrantes: doutora Jacyra Soares da USP, dra Flávia Noronha Dutra Ribeiro (USP), Dr Luiz Américo conte (USP) ele que é o oceanógrafo especializado em erosão e engordamento de faixa de areia. Também haverá a participação da mestra Georgia Codato (USP), Dr José Luiz Passamani Júnior da Ufes e a doutora Sônia Alves Gouveia (UFES).

O evento será realizado no Hotel Violeta em Meaípe e é aberto ao público. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas antecipadamente pelo link. Clique aqui

 

Programação

Dia 29/11 sexta-feira

15h Abertura – autoridades presentes

16h atualização sobre o panorama Geral do atual estágio do projeto Areias monazíticas de meaipe Guarapari Espírito Santo

16h30 o mar avança causas e consequências da erosão Costeira proposta de estudo para o litoral sul do Espírito Santo.

17h  Estudo numérico da circulação atmosférica em Meaípe, durante a passagem de frentes frias.

17h30 Campanha Observacional do projeto Flutues – Atualização

Dia 30/11 sábado

15h Atualização sobre os feitos da radiação natural das areias monazíticas em sistemas biológicos.

15h30 Batimetria da radioatividade natural presente na praia de Meaípe e outras.

16h Mesa redonda – Uma discussão com os interessados no projeto e proposição de atividades.

16h30 Encerramento.

Deixe seu comentário