O Governo do Espírito Santo abre portas para a mudança de rumo na vida de onze mil capixabas. As inscrições para tirar a Carteira de Habilitação Nacional (CNH) gratuitamente começam no próximo sábado(15) e vão até o dia 31 de Março, pelo site www.cnhsocial.es.gov.br.

Logo CNH SocialAtravés do Projeto CNH Social, o programa oferece vagas para a primeira habilitação, nas categorias A ou B, adição de categorias A ou B e mudança de categorias D (ônibus e van) e E (carreta). Caso se enquadre em todas as exigências, você pode se tornar condutor de ônibus, motoboy, caminhoneiro, frentista e ter mais chances de entrar ou se reposicionar no mercado de trabalho.

Em 2011, 2012 e 2013, cerca de 3.161 capixabas foram beneficiados e já estão com suas CNH’s em mãos. Em 2014, serão oferecidas mais 11 mil vagas, sendo 5.500 para a Grande Vitória (Cariacica, Serra, Viana, Vila Velha e Vitória) e 5.500 para as demais regiões do Estado. Em quatro anos, um total de 25 mil oportunidades para os capixabas.

A habilitação será custeada pelo Governo do Espírito Santo, por meio do Detran-ES. Neste ano o projeto CNH Social também contempla os pequenos agricultores rurais, que recebem receita bruta familiar de até dois salários mínimos. Os candidatos com deficiência física contarão com um segmento específico para inscrição.

Lei Instituído pelo Governo do Espírito Santo, por meio da Lei n°9.665, de 01 de julho de 2011, o Projeto Social de Formação, Qualificação e Habilitação Profissional de Condutores de Veículos Automotores (CNH Social) faz parte do Programa Incluir e tem por finalidade possibilitar, gratuitamente, às pessoas de baixo poder aquisitivo, o acesso a Carteira Nacional de Habilitação aos novos motoristas ou aos que desejam adicionar mais uma categoria à carteira.

cnh

Quem pode se inscrever:

Pessoas residentes no Espírito Santo com renda familiar bruta de até 02 salários mínimos e que se enquadrem em um dos seguintes seguimentos:

– Desempregados há mais de 01 ano.
– Candidatos que nunca tiveram experiência formal junto ao mercado de trabalho, desde que tenham a CTPS expedida há mais de 01 (um) ano, na data de inscrição do projeto.
– Beneficiários do Programa Bolsa Família.
– Alunos matriculados na rede pública com bom desempenho escolar no exercício anterior ao da inscrição.
– Empregados que recebam até 02 (dois) salários mínimos, e, ainda, que possuem renda familiar de até 02 salários mínimos.
– Ex-presidiários;
– Candidatos portadores de deficiência;
– Pequeno agricultor rural (Segurado Especial), que recebe receita bruta familiar de até 02 salários mínimos.

Mesmo que o candidato se encaixe em mais de um segmento citado, deverá optar por apenas 01 segmento no ato da inscrição.

Outros requisitos:

– Saber ler e escrever.
– Possuir Carteira de Trabalho, CPF, Carteira de Identidade ou equivalente.
– Ser penalmente responsável por seus atos.
– Não estar administrativa e judicialmente impedido de ter Carteira de Habilitação.

Tipos de habilitação:

– A (motos)
– B (carros) Nova ou adição de categoria
– Adição de categoria A ou B
– D (vans, microônibus, ônibus)
– E (caminhões e carretas)

Os candidatos selecionados serão chamados para comprovarem os dados fornecidos na inscrição, apresentando toda a documentação relacionada, para cada segmento de beneficiários, em local e data a ser divulgado através dos sites www.detran.es.gov.br ou www.cnhsocial.es.gov.br, por correspondência e em jornal de grande circulação, após a seleção.

Os Aprovados receberão uma “Carta de Aprovação” emitida pelo DETRAN-ES autorizando o candidato a comparecer no Centro de Formação de Condutores – CFC credenciado, mais próximo de sua residência.

Deixe seu comentário

Comments are closed.