“O primeiro dia de aula pode ser bem traumático para uma criança e queremos amenizar isso”. Com essa afirmativa o grupo Cheios da Graça resolveu abraçar a campanha “Com o material a escola fica mais legal”, é o que afirma Marcela Gomes, coordenadora do projeto.

A campanha surgiu, segundo Marcela, quando, ao visitar uma criança, ela lhe pediu ajuda com material escolar. “E aí eu fiquei imaginando porque muitas crianças vão no primeiro dia de aula sem material e a preocupação dessa menininha era esse dia chegando, ir para a escola sem o material. Eu acredito que seja a dor de muitas crianças que vão à escola sem material. Assim eu entendi que precisava ser feita alguma coisa, a gente sempre pode fazer alguma coisa, eu acionei o pessoal e todo mundo correu com muito carinho para a campanha crescer rápido”, afirmou a coordenadora.

O grupo Cheios da Graça resolveu abraçar a campanha “Com o material a escola fica mais legal”,

Com a campanha, Marcela espera ajudar o máximo de crianças possível. “A gente já tinha em mente algumas crianças que foram visitadas no ano, que já daria uma lista de 10 crianças, mas eu falei: vamos lançar a campanha, quem sabe a gente não consegue ajudar mais crianças?”, disse Marcela destacando entender que a situação financeira das pessoas não está fácil. “Mas se todo mundo der um pouquinho, a gente monta os kits”, afirmou.

Com o material a escola fica mais legal

Marcela destacou que a página do Facebook do grupo tem muitos pedidos, “tem histórias, pessoas contam suas histórias na página, no Messenger e a gente tem conversado com essas pessoas, eu não tenho prometido porque preciso receber para depois saber o que fazer, mas são muitos relatos. De qualquer modo, o grupo costuma visitar a criança, saber o estado da criança para levar a doação”, disse a coordenadora do Cheios da Graça.

“Estamos recebendo doações de bolsas em bom estado, tênis em bom estado e material escolar, faremos kits para ajudar crianças carentes dos bairros de Guarapari que estamos acompanhando durante o ano. São famílias em situação bem difícil, achamos que é uma ótima forma de ensinar aos pequenos a dividir”, afirmou Marcela.  Quem quiser e puder doar pode entregar na Casa do agricultor no centro ou ligar para (27) 99619-8836, falar com Marcela.

Deixe seu comentário