A Samarco recebeu, nesta segunda-feira (2/8), o secretário de Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado do Espírito Santo, Tyago Hoffmann, e subsecretários vinculados à Secretaria, na unidade de Ubu, em Anchieta (ES).

Tyago Hoffmann foi recebido pelos gerente-geral de Operações, Sérgio Mileipe, gerente-geral de Sustentabilidade, Daniel Medeiros, gerente de Produção, Alysson Werneck, gerente do Porto, Rodrigo Abreu, e pelo coordenador de Relacionamento Institucional e Comunidades, Rodolpho Samorini, que apresentaram as iniciativas implementadas para a retomada da produção, o avanço da produção da empresa e as estratégias de sustentabilidade da Samarco.

A Samarco recebeu a visita do secretário de Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado do Espírito Santo

“Buscamos fortalecer as nossas relações com a sociedade com o compromisso de fazer uma mineração diferente, visando participar e contribuir para o desenvolvimento local, pois desempenhamos um papel importante na economia capixaba. Retomamos apoiados em novas tecnologias, promovendo uma retomada mais sustentável, alinhada aos princípios de segurança e respeito às pessoas e ao meio ambiente”, afirmou o gerente-geral, Sérgio Mileipe.

Desde a retomada das operações, em dezembro do ano passado, a empresa produziu 4,4 milhões de toneladas de minério de ferro e pelotas, e realizou 47 embarques no porto de Ubu com destino aos países das Américas do Sul e do Norte, Europa, Ásia e África.

Desde a retomada das operações, em dezembro do ano passado, a empresa produziu 4,4 milhões de toneladas de minério de ferro e pelotas

“A retomada das atividades parciais de uma das maiores exportadoras de pelotas de minério de ferro no mundo é de extrema relevância para o cenário econômico do Estado do Espírito Santo. A empresa adotou um novo formato de operação com a utilização de novas tecnologias, protocolos para a redução de riscos, oferecendo mais segurança com foco na sustentabilidade e está empenhada em fortalecer as relações com a região local. As atividades da Samarco geram mais empregos diretos e indiretos, atrai novos investimentos e fornecedores ao Estado e estimula a qualificação da mão de obra capixaba”, afirmou o secretário de Inovação e Desenvolvimento, Tyago Hoffmann.

Também participaram da agenda o subsecretário de Gestão e Parcerias, Ricardo Claudino Pessanha; a subsecretária de Competitividade, Rachel Freixo Chaves; o subsecretário de Ciência e Tecnologia, Denio Arantes Rebelo; o subsecretário de Desenvolvimento Regional, Paulo Alfonso Menegueli; a subsecretária de Educação Profissional, Solange Maria Batista de Souza; o subsecretário de Atração de Investimentos e Negócios Internacionais, Gabriel Martins Feitosa; a subsecretária de Desenvolvimento Econômico, Fabrine Schwanz Dias e a gerente técnica operacional de Empreendimento, Cristiane Locatelli Magno.

Tyago Hoffmann foi recebido pelos gerente-geral de Operações, Sérgio Mileipe, gerente-geral de Sustentabilidade, Daniel Medeiros, gerente de Produção, Alysson Werneck, gerente do Porto, Rodrigo Abreu, e pelo coordenador de Relacionamento Institucional e Comunidades, Rodolpho Samorini

Reinício

A Samarco retomou suas operações com capacidade de produção inicial de cerca de 8 milhões de toneladas de minério de ferro por ano, o que representa 26% de sua capacidade produtiva total. Para o reinício gradual da produção, a empresa reativou um dos seus três concentradores, no Complexo de Germano, e a usina de pelotização 4, no Complexo de Ubu, obteve licenças ambientais aprovadas por órgãos competentes e implantou novas tecnologias para disposição final de rejeitos – cava confinada e sistema de filtragem de rejeitos para empilhamento a seco.