Um dos mais importantes símbolos do turismo capixaba, o Radium Hotel em Guarapari, foi tema da reunião desta segunda-feira (27) da Comissão de Turismo. O escritor e jornalista Cacau Monjardim apresentou as perspectivas para o icônico e histórico empreendimento que se encontra desativado. A ideia é restaurar o edifício, transformando-o em um spa voltado para o tratamento de saúde. 

Localizado na Praia da Areia Preta, famosa por suas areias monazíticas medicinais, Monjardim defendeu que o hotel seja reativado e que ofereça serviços de fisioterapia, radioterapia e talassoterapia (uso da água e dos produtos do mar e do clima litorâneo como formas de cura).

Comissão de Turismo se reuniu na manhã desta terça-feira / Foto: Ellen Campanharo

O presidente da Comissão de Turismo, deputado Carlos Von (Avante), sugeriu ainda que, no projeto de restauração, fosse incluído um espaço para resgatar a memória de Guarapari. “Boa parte da população também pede um centro cultural”, disse. 

Ex-secretário estadual de Turismo, Paulo Renato Fonseca Junior disse que a restauração é uma boa oportunidade para o desenvolvimento local: “Guarapari é conhecida nacional e internacionalmente como “Cidade Saúde’. O Radium está localizado justamente na Praia da Areia Preta. É preciso agregar esse patrimônio de uma forma que ele gere emprego e renda”, defendeu. 

Já a presidente do Instituto Modus Vivendi, Erika Varejão, pontuou que é preciso qualificar o turismo no município. “O Radium tem de gerar recurso e mudar o turismo de Guarapari. Precisa trazer um turismo de qualidade. Temos um turismo de qualidade nas montanhas, mas e na praia?”, questionou. 

O escritor e jornalista Cacau Monjardim apresentou as perspectivas para o icônico e histórico empreendimento que se encontra desativado.

Pesquisas. Os participantes do encontro destacaram, ainda, os estudos sobre as propriedades medicinais das areias de Guarapari. Von lembrou da pesquisa realizada pela Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) que relaciona a menor incidência de câncer de mama na cidade à radiação emitida pela areia. Ele ainda disse que a Universidade de São Paulo (USP) vem estudando se a radiação poderia potencializar outros tipos de câncer, mas estudos feitos com ratos mostraram que a areia monazítica supostamente não traz nenhum malefício.  

Radium. Inaugurado em 1953, o Radium foi um conceituado hotel-cassino, que atraiu grandes personalidades e divulgou Guarapari com padrão de excelência. A concepção inicial do projeto, cuja construção foi iniciada na década de 1940, é que edifício fosse utilizado como uma escola naval. “O hotel recebeu presidentes da República, como Juscelino Kubitschek, e hoje se encontra abandonado”, lamentou Von. 

* Com informação da Ales

Comments are closed.