Banner TOP
JB Padrão

A construção de um condomínio nas Três Praias foi discutida na reunião pública, realizada nesta segunda-feira (11), na Câmara Municipal de Guarapari. A reunião foi proposta pelo vereador Gilmar Pinheiro (PSDB) e contou a presença da presidente da Famonpog, Lúcia Novaes e da diretora da Associação Brasileira dos Amigos dos Passos de Anchieta (Abapa), Juliana Suaid.

Representando a Alphaville Urbanismo, empresa que deve realizar a obra, estavam a superintendente de negócios, Patrícia Huller; o coordenador de Sustentabilidade, Ricardo Moreira Benitez; e o consultor Cristian Senn.

A construção de um condomínio nas Três Praias foi discutida na reunião pública, realizada nesta segunda-feira (11), na Câmara Municipal de Guarapari.

Na ocasião, Patrícia fez uma apresentação do projeto e explicou que a empresa construirá as áreas comuns do condomínio e vai vender os terrenos. Já as construções das casas serão realizadas pelos proprietários.

Acesso as praias. Segundo ela, ao contrário do projeto anterior, o acesso ao público nas praias não será impedido. “Vai ser um condomínio com áreas fechadas para o público, mas também áreas acessíveis ao público como áreas de conveniência e comércio, acesso à praia e, principalmente, preservação ambiental. A gente está falando em um condomínio com 70% de preservação”.

Empregos. Ainda de acordo com a superintendente de negócios, os participantes dos Passos de Anchieta também vão poder continuar passando pela área. O empreendimento está orçado em R$ 42 milhões e a empresa vai contratar mão de obra local, o que deve gerar 247 empregos durante a construção e mais 2068 empregados devem ser contratados para atuar em áreas como segurança, jardinagem, etc.

A reunião foi proposta pelo vereador Gilmar Pinheiro (PSDB).

O vereador Gilmar Pinheiro ressaltou que a construção do condomínio no local vai contribuir para preservação do meio ambiente e para economia da cidade. “O condomínio vai preservar a praia e vai gerar empregos, isso é muito importante. Trata-se de sustentabilidade para Guarapari e nós precisamos porque vivemos de turismo e obra”, disse o parlamentar.

 O projeto ainda aguarda as licenças definitivas da prefeitura e do Iema e outras reuniões e audiências públicas devem ser realizadas.  

Camara Municipal de Guarapari – Participe
Banner Marcelo
Institucional MAllagutti
Institucional Basic Idiomas

Padrão

18 COMENTÁRIOS

  1. Cada vereador que apoiar ganha um lote! É assim que rola e alguns trouxas aplaudem! Em primeiro lugar tem que abrir o acesso e depois conversar, não acredito numa palavra desses mentirosos.

  2. Luciano Hulk, em Angra dos Reis, fez uma mansão, a princípio era aberta, depois fez muro e fechou a porta toda.
    Não caiam nessa estória de todos terão acesso, será pautada na sustentabilidade, e que estudos ambientais já foram feitos e não terá impacto ambiental, vão lançar rios de bostas sem tratamento. E desconfiem de que todos os órgãos públicos estão de acordo.

  3. Quer preservar?? Por que não idealizar um parque para uso da comunidade? Muitas tragédias ambientais acontecendo, haja vista os inúmeros acidentes acontecendo nas grandes cidades. E por quê? Descaso com o meio ambiente, falta de infraestrutura, insensibilidade do poder público, ganância de empresários que só pensam lucrar em detrimento dos cidadãos que pagam seus impostos, que só tem ônus e poucos bônus.
    E a discussão desse empreendimento com os cidadãos Guaraparienses. Haverá? E o posicionamento do Ministério Público? Proponho aos nossos representantes políticos visitar Balneário Camboriú, em Florianópolis, Parque da Cidade , Olhos D’água e Parque Nacional Água Mineral, todos em Brasília, apenas para citar alguns, e verão a contribuição dessas áreas para seus cidadãos e, principalmente para a preservação do meio ambiente.
    Pensem senhores se realmente precisamos de mais um empreendimento imobiliário em nossa cidade que já está com inúmeros problemas de infraestrutura.
    Olhem ainda o Exemplo do condômino Aldeia da Praia que obriga os cidadãos a usar as pedras para frequentar as belas praias ali existentes.
    Ratificando, espero que o Ministério Público e os seus cidadãos sejam ouvidos.
    Ivanildo Santos

  4. Libera geral ai pra passar e conhecer mostrar nossos filhos que estao crescendo e nao sabem o que e treis praias . paraiso natural de guarapari passar por pedras ir de barco pra conhecer … Jamais . ja fui roubado passando pelas pedras tive celular e dinheiros levados e ainda quase perdi a vida pelo fato de um cordao fino q estava com ele . vergonhaaa ai kd vcs poder publico liberaaaa aiiiii
    Maximo q deveria ter la laser e infra estrutura pra turismo reginal conservar patrimonio historico e beleza naturais do local com rigor em preservacao e lazer

  5. Rita tem razão, temos de ter bom senso, empreendimentos e empregos são necessários e a preservação deve ser mantida conforme a legislação. Se isso não for feito em Guarapari, outra cidade será agraciada, vamos ver as propostas e depois debater isso em audiência publica.

  6. Mais uma maquete será produzido para a “Cidade Maquete”. Deveríamos promover isso, Guarapari é a capital mundial das maquetes, tem hospital, mega empreendimento no centro, industrias em diversos lugares, ciclovias, tem maquete física, tem maquete virtual…. Somos a cidade das maquetes. Profeta parabéns! Perfeito! Kkkkk Vou rir para não chorar!

  7. Onde estao os ambientalistas capixabas? Esse espaco tem que ser tombado. Fora concreto! Deixe a natureza em paz. Mirem se no exemplo de Grumari e Prainha no Rio de Janeiro onde nada foi construido e as duas praias sao de uma beleza estonteante com o entorno verde total. Tomem vergonha na cara capixabada. Gerar emprego merreca e destruir a natureza?

  8. Tudo em nome da grana essa area tem q ser preservada sem contrucoes para o publico conservada pela prefeitura gurapari ja tem milhares de imoveis e nao precisa de condominios como este investiguem bem esse projeto

  9. Demorou cerca de 17 anos desde o embargo do empreendimento anterior para que fosse apresentado um projeto sustentável, que atendesse aos condominos e aos turistas, preservando o meio ambiente e valorizando o turismo, que venha a gerar emprego e renda. Devolver o acesso às 3 praias ao povo de Guarapari e aos turistas. Bom passo para introdução de um Gerenciamento costeiro municipal bem ordenado.

  10. Mais um projeto elitista que vai dificultar ainda mais o acesso as Três Praias. Hoje em dia a entrada principal já é fechada por causa da construção daquele hotel que foi embargada. Para chegar nas praias é necessario dar uma volta enorme ali pela praia do morro, atravessar a praia dos Adventistas e então atravessar algumas pedras. Acessibilidade zero. Imagina com mais uma obra desse tipo por ali?

  11. Eles chegam com promessas maravilhosas mas quando esta pronto vemos que o impacto ambiental é enorme e a natureza destruída. Pesquisem o que foi a chegada do Alphaville em outros locais. Guarapari não merece isso.

  12. Quanta balela essa de 2 mil empregos
    O atacadista do grupo Carone dizia que ia criar 300 empregos diretos mas pelo que pude observar a maioria dos colaboradores foram transferidos de outra cidade isso eu digo com propriedade pois fiz uma pequena pesquisa com funcionários do supermercado e eles me passaram está informação
    Isso de ter empregos serve para conseguir a autorização do impacto de vizinhança assim eles alegam trazer empregos para a cidade a fim de sensibilizar os representantes dos moradores a aprovarem o empreendimento
    Tudo nesta cidade é sacanagem….hj mesmo fui na praia de bacutia e vi pessoas com caminhonete no terreno entre bacutia e praia dos padres em reunião gesticulando um ao outro sobre o projeto, de longe se via que irão retomar a obra ….vão acabar com a beleza da praia de bacutia o poder público tem que intervir neste negócio

  13. Mais uma maquete será produzido para a “Cidade Maquete”. Deveríamos promover isso, Guarapari é a capital mundial das maquetes, tem hospital, mega empreendimento no centro, industrias em diversos lugares, ciclovias, tem maquete física, tem maquete virtual…. Somos a cidade das maquetes.

  14. Tem décadas que estão falando que vão construir algo nas Três Praias. Tenho a impressão que daqui a 10 ou 20 anos está reportagem vai se lembrada como mais uma Promessa dentre outras que já foram feitas referente a projetos de construir algo no local.

  15. Mais uma Aldeia de ricos, apesar de todas palestras e até audiência pública a população só vai roer os ossos que sobra e olhe lá. Pensando que devemos ter um percentual maior na renda da cidade, será um ótimo investimento. A população tem que pedir para fazer primeiro a parte pública. Fazer logo uma entrada, acho que os turistas vão adorar. Sem dúvida, praias maravilhosas.

  16. Ainda não compreendo muito sobre esta obra.
    Antigamente tínhamos acesso a praia e havia uma guarita. Então há um proprietário das terras? Se há, justo que ele possa usufruir e fomentar a e oconomia local. Cabe a nós fiscalizardos as questões ambientais e acesso as praias.

  17. lendo a reportagem e fala ” ao contrário do projeto anterior, o acesso ao público nas praias não será impedido”. Eles nunca deveriam nem pensar nisso, pq eles não são donos da praia, e não podem impedir ninguem de chegar até elas. E acho que não deveria nem construir esse condomínio ai,

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here