A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Pó Preto realiza sua primeira audiência pública nesta segunda-feira (15), em Anchieta, litoral sul do Estado, onde se localiza a mineradora Samarco, uma dos alvos de investigação da CPI. O evento está marcado para as 19 horas, na Câmara Municipal de Vereadores.

Foram convidados os prefeitos de Anchieta, Marcus Vinicius Doelinger Assad (PTB), e de Guarapari, Orly Gomes da Silva (DEM), secretários municipais, vereadores, representantes de órgãos ambientais e a população em geral.

Minério de ferro.
No último dia 22, o colegiado realizou visita técnica para conhecer a mineradora Samarco.

A CPI do Pó Preto foi instalada para analisar o impacto da poluição atmosférica sobre a saúde humana e patrimônio público e privado. Além do presidente Rafael Favatto (PEN), o colegiado é formado pelo vice-presidente Erick Musso (PP), pelo relator Dary Pagung (PRP) e pelos membros efetivos Gilsinho Lopes (PR) e Euclério Sampaio (PDT).

Visita à Samarco

No último dia 22, o colegiado realizou visita técnica para conhecer a mineradora Samarco. Na ocasião, a empresa reconheceu que é responsável por 7% de todo o material particulado presente na região, e informou que, entre o período de 2010 e 2014, teria investido mais de R$ 354 milhões em ações de controle ambiental atmosférico.

Próxima audiência

Outra audiência pública já deliberada pela CPI está prevista para o próximo dia 17, no plenário Dirceu Cardoso. O evento contemplará os municípios de Vitória, Serra e Cariacica e deve contar com a presença de deputados federais da bancada capixaba.

Fonte: Karina Borgo/Web Ales

Deixe seu comentário