Os manifestantes reuniram mais pessoas no decorrer do percurso, chegando ao final com aproximadamente 400 pessoas, segundo a polícia.  Os organizadores promoveram abaixo assinado, com o intuito de colher o maior número de assinaturas possível para entrega-las nas mãos do prefeito. Ao chegar à SEMED, não havia nenhuma autoridade para dar-lhes alguma posição sobre a pauta:

DSC03984
De acordo coma policia foram 400 pessoas. Foto Roberta Bourguignon.

PAUTA REGIONAL

-Modificação do horário das Sessões da Câmara para início às 18:30
-Formação mínima em técnico específico para ocupação de cargos de secretariado no município
-Desburocratização e agilidade na formalização dos trabalhadores ambulantes
Integração ao sistema Transcol com instalação de terminal
-Construção e manutenção de um hospital público em Guarapari
-Plano de carreira para o professor municipal.

Com a ausência de um representante da prefeitura, os manifestantes foram em direção da ponte de Guarapari, interditando-a por duas horas. Houve um pequeno grupo de baderneiros soltando rojões, mas a polícia veio a intervir, revistando alguns e pedindo a compreensão dos mesmos, para evitar futuras desordens.  O transito agora flui normalmente.

DSC08442
Agora pista está liberada. foto: Wilcler Lopes.
Deixe seu comentário