Uma ação conjunta entre a Polícia Civil e o Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES), constatou fraudes durante a aplicação de provas teóricas, nesta quinta-feira (25), na Ciretran de Marataízes.

Na manhã desta quinta, às 7h30, os examinadores estavam aplicando provas teóricas no município de Marataízes e, durante o processo de identificação dos candidatos à habilitação, suspeitaram da identidade de um aluno. Imediatamente entraram em contato com a central de habilitação do Detran|ES, em Vitória, e pediu para que lhes fosse enviado os dados do candidato que constam no sistema do órgão.

Durante o processo de identificação dos candidatos à habilitação, suspeitaram da identidade de um aluno.

“Ao recebermos a identificação, vimos que ela não condizia com a mesma que constava no documento apresentado pelo candidato. Então, após o término da prova, a fim de não gerar constrangimento a ninguém dentro da sala, abordamos o rapaz que confessou não ser o candidato que deveria fazer a prova. Ele disse ter feito isso por dinheiro”, relatou um dos examinadores.



A fraude aconteceu novamente, nas provas marcadas para acontecer às 8 horas. Os servidores também desconfiaram de candidatos que apresentaram a carteira de trabalho como documento de identificação e, realizado o procedimento de confirmação dos dados, mais uma vez foi constatada fraude na realização das provas feita por dois candidatos.

Os suspeitos foram encaminhados à 9ª Delegacia Regional de Itapemirim e, de acordo com o delegado Thiago Gomes Viana, eles confessaram que receberam dinheiro para fazerem a prova. “Todos foram autuados por falsidade ideológica, uso de documento falso e formação de quadrilha”, ressaltou.

 

Institucional M Conveniências [banner top]
Institucional Basic Idiomas
Banner Marcelo
Institucional Karla
Institucional MAllagutti

Institucional Flex Motors [banner final]
Dia D Docutum


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here