Hoje é o Dia da Moqueca Capixaba. A data foi instituída através de uma lei estadual e hoje é lembrada em todo o Espírito Santo. Em Guarapari a data foi comemorada em grande estilo pelo Restaurante Gaeta, em Meaípe.

SAMSUNG CAMERA PICTURES
A autora da lei do dia da Moqueca, Luzia Toledo, o Autor da frase “moqueca só capixaba, o resto é peixada” e no centro Nhozinho Matos, proprietário do Gaeta. Foto: João Thomazelli/Portal 27

Nhozinho Matos, que há 50 anos produz uma das mais famosas e apetitosas moquecas do Espírito Santo fez uma apresentação das variações do prato capixaba que ele e sua equipe desenvolveu ao longo dos anos e ainda foi homenageado com o título de Moquequeiro por Cacau Monjardim, que é jornalista e escritor, e que também criou a célebre frase: “moqueca só capixaba, o resto é peixada”.

Nhozinho Matos apresentas suas moquecas exclusivas no Dia da Moqueca. Foto: João THomazelli/Portal 27
Nhozinho Matos apresentas suas moquecas exclusivas no Dia da Moqueca. Foto: João THomazelli/Portal 27

O Dia da Moqueca, inclusive, foi criada para em homenagem a Cacau pela deputada estadual Luzia Toledo. “Foi uma forma de homenagear tanto a nossa cultura como o Cacau, que fez muito para desenvolver o turismo no Espírito Santo”, explicou a deputada.

Depois da preparação dos pratos, os convidados, entre eles vários membros da imprensa local, puderam saborear cada variação da moqueca feita desenvolvida no Gaeta, inclusive a famosa moqueca de banana. As moquecas exclusivas criadas no Gaeta têm nome de ilhas e pontos de mergulho do litoral  de Guarapari: Moqueca Três Ilhas, Moqueca Ilhas Rasas, Moqueca Escalvadas, Moqueca Victory B e é claro, Moqueca Gaeta.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here