Roupas, todo o tipo de entulho e até animais mortos são deixados por moradores de Guarapari em inúmeros terrenos em estado de abandono, espalhados pela cidade, caracterizados como lixões a céu aberto. A prefeitura notificou donos de 600 terrenos e determinou multa no valor de R$1.065,44 para os proprietários que não cuidarem desses locais.

O Brasil definiu, em lei, que os lixões a céu aberto tinham data para acabar. Esse prazo venceu há quase dois anos, mas, mesmo assim, isso não impediu que a situação se perpetuasse, inclusive em bairros tradicionais de Guarapari, como a Praia do Morro.

Foto: Vinícius Rangel
A prefeitura notificou donos de 600 terrenos e determinou multa no valor de R$1.065,44 para os proprietários que não cuidarem desses locais. Foto: Vinícius Rangel

Neste ano, mais de 600 imóveis em estado de abandono no balneário foram identificados pela Secretaria Municipal de Fiscalização (Semfis) e os seus proprietários notificados para realizar a limpeza, construção de calçada cidadã e fechamento de seus terrenos.

O prazo para os proprietários dos terrenos se adequarem as exigências é de, no máximo, 90 dias. Caso haja o descumprimento, eles são multados em R$1.065,44. Segundo a secretária da pasta, Elizabeth Picciafuoco, os próprios moradores são culpados pela aglomeração de lixos nesses locais.

“Infelizmente, esse estado de ‘entulho’ dos terrenos em Guarapari só ocorre por conta de parte dos moradores que, por descaso, insistem em jogar lixo, restos de obras, eletrodomésticos e móveis usados em terrenos de terceiros. Esta é uma prática totalmente condenada pela administração municipal e pelos moradores de bem que conservam seu entorno”, explicou a secretária.

Foto: Vinícius Rangel
O município recebe muitas denúncias de terrenos com acúmulo de lixo. Foto: Vinícius Rangel

De acordo com Elizabeth, o município recebe muitas denúncias de terrenos com acúmulo de lixo, mas, não há denúncias dos infratores, o que dificulta chegar à raiz do problema. As notificações acabam chegando apenas aos proprietários dos imóveis, mas, segundo ela, é preciso chegar de forma direta aos infratores que depositam esse lixo, gerando transtornos para a população.

“Temos notificado e autuado todos os imóveis denunciados, mas, é importante que cada morador faça sua parte, seja fechando seu terreno, seja não depositando seu lixo ou entulho em terrenos de terceiros e, principalmente, denunciando quem joga lixo e entulho nesses imóveis”, alertou a secretária de Fiscalização.

Saiba mais

A Prefeitura de Guarapari oferece aos moradores diversos serviços de coleta de lixo com dias e horários fixos, além de informações sobre o descarte regular de entulhos, móveis e eletrodomésticos. Para saber o horário que os carros de coleta passam em cada região, os moradores devem procurar a Secretaria de Fiscalização, na Avenida Praiana, 124, Praia do Morro (em frente ao Edifício Bolonha), ou nos telefones (27) 3262-5445 / 3262-9342 / 3262-9335. Dúvidas podem ser encaminhadas para o e-mail da Secretaria: semfis@guarapari.es.gov.br.

Deixe seu comentário