A erosão no acostamento da rodovia ES-060, entre os bairros Meaípe e Porto Grande, está cada vez pior. O problema naquele trecho já é antigo e preocupa a população. A presidente da Associação de Moradores de Meaípe, Marlene Celda Amado, relatou que o trecho já caiu pelo menos duas vezes.

“Aquelas pedras todas que estão indo para dentro do mar foram levadas porque da erosão. Eles mudaram a pista de lugar e a erosão está destruindo a pista nova. A medida que vai chovendo a água vai minando naquela beirada e como ela já está rachada vai caindo cada vez mais”, disse Marlene.

A erosão no acostamento da rodovia ES-060, entre Meaípe e Porto Grande.

Marlene afirmou que no ano passado participou de uma reunião com representantes do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e que eles informaram que estavam estudando a melhor maneira de resolver o problema. “Eles disseram que estavam fazendo um estudo, mas até agora nem estudo nem providência. Na época em que começou a cair pedi para sinalizar porque nem sinalização tinha aí eles sinalizaram. Mas, continua o mesmo problema. Precisam dar uma solução definitiva porque isso não adianta”.

Ela revelou que está preocupada com a situação da pista. “É perigoso porque tem um pedação da pista caindo. Eles sinalizaram para o pessoal não chegar na beirada, mas a gente não sabe até quando aquilo vai aguentar o peso dos carros passando. Eles estão estudando até alguém cair dentro da água”, disse a presidente da Associação de Moradores de Meaípe.

Procurado, o DER afirmou que está analisando como vai recuperar o trecho, mas não deu previsão de quando a obra vai começar. “O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-ES) informa que os técnicos do órgão estão monitorando o local constantemente. Não há riscos ao tráfego de veículos na região. Está sendo estudada a melhor forma para recuperar o trecho atingido pela erosão provocada pelo avanço do mar”.