A modelo e atriz Flávia Tamayo, também conhecida como Miss Bumbum, presa preventivamente desde o dia 21 de julho no Centro Prisional Feminino de Cariacica no Espírito Santo, será transferida para o Distrito Federal, acatando a decisão da justiça da capital federal, onde ela será julgada.

modelo e atriz Flávia Tamayo, também conhecida como Miss Bumbum

A defesa de Flávia, composta pelos advogados Fabrício Martins e Luis Gustavo Delgado, declarou que “pretende impetrar o habeas corpus até o fim da semana, em virtude de estar aguardando a disponibilização da parte do Judiciário e autoridade policial das provas já documentadas no inquérito. Flávia está bem de saúde e hoje ela conversou com a mãe pelo telefone. A defesa informa ainda que o presídio feminino de Cariacica tem ótimas condições”.

Os advogados também estão tentando impedir a transferência da atriz para a capital, alegando que ela está sofrendo ameaças vindas de lá. “A defesa de Flávia Tamayo, acredita que manter a nossa cliente no local onde se encontra não atrapalha as investigações, respeita todos os protocolos de saúde em razão da pandemia. Esclarece ainda que Flávia vem sofrendo ameaças e teme em voltar para Brasília, sendo um dos principais motivos que estava fora do Distrito Federal. O presídio possui ótimas condições e acesso aos advogados de defesa com facilidade”, alegou a defesa.
Entenda o caso

A modelo foi presa no dia 21 de julho em um hotel de Vitória, ela viajou para o estado com a finalidade de participar de um ensaio fotográfico. No momento da prisão, Flávia resistiu e tirou a roupa para tentar impedir os policiais de apreenderem ela. A atriz é acusada de participar de um esquema de tráfico de drogas, o qual ela realizava a venda das substâncias enquanto participava de programas sexuais.

Por João Pedro Barbosa, estagiário

Deixe seu comentário