O prefeito de Anchieta, Fabrício Petri, esteve esta semana no Tribunal Regional Federal (TRF-2ª região), no Rio de Janeiro (RJ), acompanhado do assessor jurídico Vinícius Ludgero, para despachar com o desembargador Paoul Erik Dyrlaund, o processo judicial que a Prefeitura de Anchieta move contra a Agência Nacional de Petróleo (ANP), com relação a correção dos valores repassados ao município referentes aos royalties de petróleo.

Prefeito busca correção dos valores referentes aos royalties de petróleo

De acordo com o prefeito, desde 2013, quando a agência refez a distribuição dos royalties aos municípios, Anchieta perdeu valores significativos injustamente.

Petri veio otimista da audiência e acredita que em alguns dias Anchieta terá boas notícias, ou seja, a arrecadação oriunda dos royalties de petróleo deve aumentar na terra de São José de Anchieta.