Portadora de diabetes, Letícia do Nascimento Parreiras, de 36 anos, foi internada na última sexta-feira no Hospital Praia da Costa em função de complicações da doença. Segundo o marido da empresária, Bernardo Reis, a glicose dela chegou a 600 e ela apresentou complicações advindas de uma cetoacidose diabética, que ocorre quando os níveis de insulina no organismo não são suficientes para utilizar a glicose como fonte de energia, levando ao acúmulo de corpos cetônicos.

Letícia, seu marido Bernardo e sua filha Giulia

Positivo. O marido de Letícia afirmou que ontem, 09, saiu o exame em que a empresária testou positivo para a COVID-19. “Não sabemos se foi antes, se foi no hospital, ou um dia antes que a gente esteve em um outro hospital. Mas o tratamento hoje está precisando de sangue por causa disso, ela está fazendo diálise de sangue”, afirmou Bernardo.

Doações. Bernardo pede a colaboração de todos que possam doar. Qualquer tipo de sangue é válido. As doações para Letícia devem ser feitas na Hemoclínica – Serviços de Hemoterapia. O atendimento precisa ser previamente agendado por um dos telefones: 3232-4700, 3232-4714, 27 98192-1661. O agendamento é necessário em função das medidas de proteção contra o coronavírus.
A Hemoclínica fica localizada no Centro de Vitória – Parque Moscoso, atrás do hospital Central, na R. Dr. Joaquim Cortês, 44. O nome da paciente é Letícia do Nascimento Parreiras, internada no Hospital Praia da Costa.