A grave crise econômica que afeta o país deixou muita gente desempregada. Segundo dados do IBGE, 278 mil capixabas estavam desocupados nos meses de julho, agosto e setembro. E procurar emprego em Guarapari é ainda mais difícil, já que a agência do Sistema Nacional de Emprego (Sine) encerrou suas atividades definitivamente em dezembro de 2016.

Em maio do mesmo ano o Sine já havia interrompido o atendimento aos trabalhadores temporariamente e desde então quem precisa procurar emprego tem que recorrer as agências dos municípios vizinhos.

A agência fechou definitivamente em dezembro de 2016, mas em maio já havia interrompido o serviço temporariamente.

A pedagoga Ludimila Cotan Scarton, de 35 anos, está desempregada há um ano e meio. Ela relatou que tem procurado emprego em qualquer área, mas mesmo com o diploma e a experiência com vendas e como recepcionista não a ajudaram a conseguir um emprego. Para ela a ausência do Sine dificulta ainda mais a vida de quem está tentando voltar ao mercado de trabalho. “Infelizmente aqui em Guarapari está muito difícil conseguir emprego. O Sine tinha que voltar para ajudar a gente”.

O superintendente da Câmara de Dirigentes Logistas (CDL), Aguinaldo Ferreira Júnior lembrou que as vagas de emprego continuam sendo oferecidas pela internet, mas reconheceu que a agência faz falta na cidade. “Faz falta tanto para quem procura emprego quanto para quem oferta. Existe outros serviços de ofertas de vagas, mas são pagos. Já o Sine é uma forma gratuita de buscar e ofertar vagas”.

Sine interrompeu o atendimento aos trabalhadores em Guarapari. Foto: Wilcler Lopes/Portal 27

Ele afirmou que o encerramento das atividades do Sine dificulta ainda mais outros setores a encontrar funcionários. “As vagas de comércio ainda podem ser expostas em vitrines e no meio das lojas. Mas no caso de uma empresa que precisam de uma pessoa para trabalhar em uma parte operacional, como é o caso de uma indústria ou uma empresa que não tenha uma vitrine para expor suas vagas isso fica muito mais difícil. Essas empresas sentem muito mais falta e por isso, seria importante o Sine voltar as operações em Guarapari ”.

O Portal 27 procurou o Governo do Estado para saber porque o Sine fechou e se existe previsão de quando ele vai retomar suas atividades na cidade e foi informado que “A Secretaria de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (Setades), buscando atender às prescrições do Ministério do Trabalho e Emprego, está trabalhando na reestruturação das agências do Sine. Algumas agências, em virtude de rendimento e posicionamento geográfico, estão sendo reavaliadas nesse processo. Em virtude disso, no município a população é orientada a buscar atendimento na agência de Anchieta.”

Nossa reportagem também procurou a administração municipal para saber o que ela tem feito para tentar trazer o Sine de volta para o município e recebeu a seguinte resposta: “A Prefeitura de Guarapari reconhece a importância de ter no município agência do Sine, inclusive parcerias já foram feitas enquanto existia a agencia na cidade, o município fornecia servidores para atuar no atendimento. A interrupção do serviço se deu única e exclusivamente por parte do Governo do Estado, através da Casa Civil, e cabe ao mesmo órgão a oferta do serviço na cidade”.  

Deixe seu comentário

Comments are closed.