Um grupo de flamenguistas foi à missa na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição, no Centro de Guarapari vestidos com a camisa do time carioca. Os torcedores fizeram questão de fotografar ao lado do padre, que também é flamenguista, ao final da missa. A celebração aconteceu nesta segunda-feira, 28, em homenagem à São Judas Tadeu, o santo das causas impossíveis. Inclusive, os torcedores afirmam que São Judas é o padroeiro do clube carioca.

Flamenguistas vão à missa de São Judas vestidos com a camisa do time. Foto: Pascom PNSC

“A religião, o futebol e a política fazem parte da sociedade e deve ser sadiamente discutida, onde se acrescente algo, e esses temas nos ensinam a ganhar ou perder, até mesmo se emocionar”, disse o padre Diego em sua homilia.

O padre Diego Carvalho, falou também  que cada pessoa nasce com um dom, carisma e com um pecado diferente, ainda que nasça numa mesma família, por isso não devemos apontar os erros dos outros, pois cada pessoa tem o seu pecado.

Campanha #vistaseumanto

O Clube da Gávea lançou nas redes sociais uma campanha #vistaseumanto convidando todos os torcedores do flamengo a saírem as ruas vestidos com a camisa do time.

A partir daí, aumentou a repercussão em todo o Brasil. Aqui em Guarapari, os flamenguistas católicos, aproveitaram para comemorar o Dia do Flamenguista rezando.

Dia do Flamenguista

Em outubro de 2007, o então prefeito do Rio de Janeiro, César Maia, sancionou o “Dia do Torcedor Flamenguista”. A lei teve autoria do vereador Jorge Mauro e passou a fazer parte do calendário oficial da cidade. Não por acaso, a data é a mesma em que é comemorado o dia de São Judas Tadeu, padroeiro do clube.

Deixe seu comentário