Uma reviravolta política pode acontecer em Guarapari. Em virtude das movimentações para as eleições de 2016. O vereador Gedson Merízio (PSB), que já foi citado em nossas reportagens (reveja aqui) como o possível vice de Edson, pode assumir o cargo de deputado federal.

Gedson
Vereador teve uma excelente votação para deputado federal em 2014, com 17.075 votos.

Isso porque o deputado federal Paulo Folleto (PSB) vai disputar a prefeitura de Colatina, e terá que se afastar do cargo no primeiro semestre do ano que vem. O primeiro suplemente dele é Vandinho Leite, que está saindo do PSB e indo para o PSDB, onde deve disputar a prefeitura da Serra.

Com Vandinho fora, o segundo da lista de suplentes seria o ex-prefeito de Anchieta, Edival Petri. Mas ele também saiu do PSB em direção ao PMDB para disputar novamente a prefeitura. Assim, o caminho ficou aberto para Gedson.

Procurado por nossa reportagem, o vereador se disse disposto a assumir o cargo de deputado. “Acredito que é um momento importante para Guarapari e para a região sul. Podemos dar um salto de qualidade em nossa cidade com relação aos investimentos. Poderemos brigar pela nossa região”, afirmou o vereador.

PSB. A direção do PSB, porém, reafirma que Gedson vai disputar a prefeitura de Guarapari. “Gedson é candidato a prefeito. O PSB entende que ele é o nome com reais chances nas eleições do ano que vem”, explica Tyago Hoffman, ex-secretário da Casa Civil e um dos coordenadores do partido.

Tyago
Tyago reafirma que Gedson é pré- candidato a prefeitura.

Ainda de acordo com Tyago, Gedson está livre para conversar com todos os partidos. “Ele tem autonomia e liberdade para isso. Está autorizado para conversar com todo mundo”, afirma.

Sobre a possibilidade de Gedson se tornar deputado federal, Tyago afirma que realmente existe essa possibilidade “Mas ela hoje é menos palpável do que a disputa a prefeitura” diz ele, que complementa.  “Tudo depende da saída do Vandinho. Ele acredita que pode sair do partido e manter à suplência. Nós acreditamos que isso não é possível”, finaliza.

Deixe seu comentário