Abrindo nossa série de reportagens sobre o Outubro Rosa, ouvimos Geovana Guimarães, professora, mãe, esposa, mulher que venceu a luta contra o câncer de mama. Geovana, de 46 anos, conta que sempre cuidou da saúde, da alimentação, sempre praticou atividade física e frequentava regularmente médicos, além de fazer anualmente checkup de sua saúde. O diagnóstico de câncer de mama viria em setembro de 2017 quando, ao realizar um autoexame, ela percebeu um nódulo em sua mama.

Geovana Guimarães, professora, mãe, esposa, mulher que venceu a luta contra o câncer de mama

Geovana conta que marcou uma consulta médica, na qual foram solicitados exames de mamografia e ultrassonografia mamária que confirmaram o nódulo “já bem palpável”, afirma. “Com o resultado desses exames, meu ginecologista me encaminhou para o mastologista para a realização da biópsia, onde foi constatado um carcinoma ductal invasivo, medindo 3,5 cm, grau II”.

A professora fala da importância de um diagnóstico rápido no tratamento da doença: “Graças a Deus com um diagnóstico rápido, pois o tempo para o tratamento é um fator precioso, fui submetida a uma mastectomia total, sessões de quimio e radioterapias e atualmente faço uso de medicação diária (hormonoterapia) que se estenderá por um período de dez anos”.

Vitória. Quando perguntamos sobre como conseguiu vencer a doença, Geovana afirma que, embora tenha recebido muitas informações em um curto período de tempo, prosseguiu “cada dia confiando que o Deus que sirvo iria estar comigo em todo tempo”. A professora afirma que não passou por dias fáceis, em função do tratamento longo e dos efeitos colaterais, mas não desistiu de sua fé “sabia que Deus estava no controle de tudo que Ele é poderoso para fazer infinitamente mais do que pedimos e pensamos”.

Geovana afirma que o apoio e o amor que recebeu das pessoas que estão a seu redor foram fundamentais

Apoio. Fala ainda da importância de sua família “esposo e filhos, meu porto seguro”. Geovana afirma que o apoio e o amor que recebeu das pessoas que estão a seu redor foram fundamentais. “Anderson, meu esposo, um amigo e companheiro que esteve ao meu lado em todos os momentos, se é possível, o amo ainda mais. Meus filhos que encararam com muita coragem e alegravam meus dias com seus sorrisos. Enfim, foram muitos familiares, irmãos e amigos que se uniram em oração em favor da minha vida, e creio que Deus ouviu cada um”.

Fala ainda da importância de sua família “esposo e filhos, meu porto seguro”.

Palavras. Perguntamos, por fim, o que Geovana tem a dizer para as pessoas que precisam vencer o câncer de mama. “Primeiro quero que você se sinta abraçada por mim nesse momento. Quero dizer que você não está sozinha nessa batalha, mesmo que tudo pareça sombrio, sem cor, creia, Deus é contigo! Não permita que um diagnóstico ruim aprisione você ou te impeça de sonhar. Viva, celebre e receba cada dia como um presente dado por Deus. Sentir seu amor e cuidado é maravilhoso! Contemple a natureza e esteja perto de pessoas que você ama, que te fazem sorrir e te ajudam a perceber que a beleza da vida está na simplicidade da essência da palavra amor”.

Deixe seu comentário

Comments are closed.